domingo, 23 de julho de 2017

Época 2017-2018 | Jogo de Apresentação

Depois do Estágio na Suíça, onde as coisas correram dentro daquilo que é normal nesta altura, embora hajam sempre adeptos mais impacientes que queiram logo começar a vencer e a jogar bem e a avaliar os reforços de forma prematura.

A verdade é que o Sporting que vimos ontem, diante do actual Campeão Francês Mónaco, foi uma equipa já numa fase mais adiantada do sua preparação e com os seus principais jogadores a mostrarem-se mais soltos e disponíveis fisicamente, aliado ao factor regresso a casa, sempre motivador.

Dos reforços tenho que destacar Bruno Fernandes, porque jogou e fez jogar durante o tempo que esteve em campo e ainda marcou um golo. Adrien tem assim concorrência de peso e terá que "dar corda aos sapatos" se não acabar por ser transferido, o que a acontecer não será tão notado como seria na temporada passada. Ainda assim eu preferia que ficasse, deixando o Sporting muito bem servido naquele sector, pois a época é longa.

Também o estreante argentino Marcus Acuña, mostrou serviço e também que se trata de uma grande aquisição do Sporting. Foi dele o canto que originou o golo de Bas Dost, com um cruzamento tenso a lembrar jogadores como André Cruz e Balakov, na forma tensa como batiam as bolas paradas. Acuña pode vir a ser um caso sério neste Sporting, mostrou raça, atitude e um grande sentido colectivo aliado a uma capacidade técnica e velocidade assinaláveis. 


Piccini já mostrou mais neste jogo, e o porquê de ter sido contratado. Não sendo um virtuoso em termos técnicos, melhora a cada jogo que passa e mostra segurança no processo defensivo, tendo ainda muito que progredir no capítulo ofensivo, se bem que com Gelson daquele lado, as despesas ofensivas fiquem entregues quase por completo ao português, com Podence a aparecer muitas vezes por aquele lado. Ainda assim, o Sporting precisa de contratar mais um jogador para esta posição, com características diferentes, visto que Schelloto parece já não contar.

Os experientes Coentrão e Mathieu aos poucos vão ganhando forma física, e ontem já mostraram um pouco da sua classe, tornando o sector do Sporting muito mais coeso, ainda mais diante dos rápidos e perigosos avançados do Mónaco, com Mbappe em grande destaque. André Pinto constitui uma boa alternativa e maior dúvida de JJ será Tobias Figueiredo, que ontem pôs os cabelos em pé ao mister, depois daquele lance no final da partida.

Battaglia este bem no lugar de William Carvalho, mas está ainda muito longe de poder fazer sombra ao internacional e campeão europeu português. William mostrou na segunda parte que o Sporting poderá vir a ter uma grande problema se este sair do clube. Petrovic não me parece solução e Battaglia sendo uma boa opção, não é suficiente. Palhinha para mim, está à frente de Petrovic, mas não está livre de ser novamente emprestado.

Doumbia vai mostrando alguma dificuldade em se impor no onze titular, muito por culpa do endiabrado Podence, que tem mostrado que está ali para lutar pelo lugar, mas também pelas características do Costa Marfinense, que não encaixam no perfil de jogador para jogar nas costas de Bas Dost, e será antes uma segunda opção de ataque, ou para lançar durante os jogos, ou para jogar num contexto diferente, mas de contra-ataque ou ataque rápido.

Resumindo, o Sporting 2017/2018, será sempre Rui Patrício (que defesa aquela...) e mais 10.

Será este o onze na cabeça de Jorge Jesus?





terça-feira, 18 de julho de 2017

O meu onze para hoje. Marselha vs Sporting


O Sporting 2017-2018 vai ganhando forma, e hoje é dia de mais um jogo amigável, agora diante dos franceses do Olimpique Marseille.

Depois do jogo anterior não ter corrido muito bem em termos de resultado, pois perder nunca é bom, seja com quem for, a sério ou a feijões, embora se tenha que dar bastante desconto a estes profissionais, dado que se encontram, uns em fase de adptação à sua nova realidade e outros à procura dos melhores indices fisicos. Hoje é outro dia, outro jogo e diferentes circunstâncias.


terça-feira, 16 de maio de 2017

Ontem fomos brindados com 2 novos jogadores


Cristiano Piccini (Ex-Bétis)



Piccini é o Lateral direito, moderno, que gosta de subir pela sua faixa apoiando o ataque, e que cruza bastante bem. Tem 1,90m de altura, algo que é do agrado de Jorge Jesus, como sabemos.

Deixo aqui um link para um vídeo, com Piccini em acção na sua antiga equipa, o Real Bétis.










Mattheus Oliveira (Ex-Estoril)

Matheus Oliveira, é um médio polivalente, que pode fazer várias posições naquele sector, mas é a
'8', que tem actuado no Estoril e dando muito boa conta do recado, particularmente esta temporada, facto que o levou a assinar pelo melhor de Portugal.



Aqui fica o link para um vídeo do Mattheus.













quinta-feira, 30 de março de 2017

Mas que grande LATA


A LATA DESTA GENTE !!


De facto não têm vergonha na cara... mesmo a 10 pts continuamos a incomodar. Enquanto as coisas continuarem desta forma, bem podem fazer o tetra, o penta, que tudo junto vale... ZERO!!

São indivíduos como este que continuam a pavonear-se e a ter poder de decisão neste Futebolzinho da treta que é o português? Qual a credibilidade das suas decisões?





Membro da Comissão Arbitral da Liga

Se Bruno de Carvalho é castigado em quase 4 meses pelo que disse (em 2015 pasme-se, levaram dois anos a traduzir as palavras...), então Vieira, Pinto da Costa, e muitos outros já deviam ter sido irradiados do Futebol há muitos anos. Vergonha é algo que não existe neste país. Calar? Nunca!

Um dia as coisas podem "aquecer demasiado" e depois não se queixem...

Liga portuguesa é algo que já quase não vejo, excepto os jogos do meu clube, mas acho que vou mesmo deixar de ver, enquanto esta gente não for toda presa ou afastada de vez do Futebol. Enquanto isso, pela Europa fora já ninguém dá credibilidade nenhuma a esta Liga mergulhada na podridão, na mesquinhice e com os principais órgãos de comunicação social a ajudarem à festa, simplesmente porque não conseguem separar a sua cor clubística do seu dever de isenção enquanto jornalistas.


Podem tentar, mas o nosso Orgulho enquanto Sportinguistas, nunca nos vão tirar, nem que estejamos mais 15 anos sem ganhar o tão desejado campeonato da 1ª Liga de Futebol, até porque a maioria dos adeptos leoninos já percebeu há muito tempo quais as principais razões por não o conseguir, sendo que consegue títulos em praticamente todas as outras modalidades, excepto nesta modalidade "tão específica"...

Porque Será?

terça-feira, 7 de março de 2017

Badamerda é pouco para esta gente



O Sporting pelo qual eu me apaixonei está de volta, umas vezes ganhando, outras perdendo (embora muito menos vezes que num passado recente), mas lutando sempre por vencer títulos, em todas as modalidades, com dignidade e exclusivamente do trabalho e esforço dos nossos atletas, sem esquemas nem "estruturas" criadas para vencer a qualquer custo, atropelando tudo e todos pelo caminho...


O Sporting dos Godinhos e dos Cristóvãos, da submissão à banca e aos interesses e "chupistas" do futebol, dos bilhetes de borla para os "croquetes", ACABOU. E isso é que está a doer e a incomodar tanta gente. Só assim se percebe que todos, mas todos os dias apareçam notícias e calúnias acerca daquele que é de longe o clube mais representativo dos valores desportivos em Portugal e um dos maiores da Europa e do Mundo.


Mas as pessoas não são parvas e os sócios do SCP deram grande resposta nestas eleições aos PALHAÇOS que todos os dias aparecem nas TV´s a denegrir a imagem de Bruno de Carvalho. "BADAMERDA" é pouco para toda a escumalha que todos os dias escreve e debita ódio ao Sporting em tudo o que é plataforma de comunicação neste país.


O MUNDO SABE QUE!!

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

As eleições no Sporting. Votar sem exitar!

Não consigo entender como podem haver sportinguistas, sobretudo sócios do Sporting Clube de Portugal, que possam ter dúvidas acerca de quem escolher para um novo mandato como Presidente deste clube que tanto amamos.

Só por razões estritamente pessoais, inveja ou interesses pouco claros, posso perceber que algum sócio no seu perfeito juízo, escolha PMR para ficar à frente do SCP. Os sinais de "demência" e de desnorte completo são mais que muitos no único adversário de Bruno de Carvalho nestas eleições, que ficam marcadas pela mais vergonhosa e descarada campanha de toda uma CS portuguesa, que atingiu níveis de facciosismo nunca antes visto, pelo menos desde que acompanho o jornalismo desportivo em Portugal. O trauma da entrada de JJ no Sporting ainda não passou...

Nem sequer ponho a hipótese da Lista B perder, seria trágico para o clube

Depois de tudo o que Bruno de Carvalho passou e lutou, para transformar aquilo que era um Sporting amorfo, com futuro incerto e à beira do precipício, onde o Futebol batera no fundo e as modalidades definhavam de ano para ano, num clube dinâmico, pojante, com estabilidade financeira, apresentando lucros nunca antes conseguidos, com os núcleos a assumirem-se como parte fundamental da vida associativa do clube e a trabalharem muitas vezes em conjunto, com as assistências no Alvalade XXI 
a baterem todos os recordes, com as Academias a multiplicarem-se por esse mundo fora, contribuindo para a difusão da marca Sporting CP, com as modalidades e mostrarem que são reais candidatas a vencer em todas as frentes, e com os inúmeros títulos conquistados, alguns europeus, com destaque para o regresso do Hóquei e o reforço das equipas de Andebol, Futsal e Atletismo, tudo isto possível com o aumento exponencial das receitas da quotização, que vão direitinhas e em exclusivo para as modalidades, o novo Pavilhão, a Sporting TV... como podem haver dúvidas?

Não se pode comprometer tudo isto, apenas porque não se gosta do estilo do Presidente, porque se embirra com Jorge Jesus, e porque o título de campeão no Futebol não foi alcançado, sabendo todos nós como o Sporting é tratado e espoliado por arbitragens miseráveis, e da podridão em que o futebol nacional, e não só, está mergulhado.

PARA BEM DO SPORTING CP, no dia 4 vota sem exitar em BRUNO DE CARVALHO!

Época 2017-2018 | Jogo de Apresentação

Depois do Estágio na Suíça, onde as coisas correram dentro daquilo que é normal nesta altura, embora hajam sempre adeptos mais impacientes ...