quarta-feira, 13 de agosto de 2014

MERCENÁRIOS, é a palavra acertada

Multiplicam-se os casos de jogadores, que quando recebem propostas significativamente superiores, no que ao salário diz respeito, logo fazem "birrinha" para sairem e ingressarem no seu novo e generoso clube, esquecendo de repente tudo o que o clube que os lançou, lhes deu, quer em protagonismo, quer em formação, abrindo-lhes as portas da Europa.

Então aonde fica aquela história do "sempre sonhei jogar a Champions"?

Nos casos mais recentes que "rebentaram" nos últimos dias/horas em Alvalade, Slimani e Rojo, os clubes que os "aliciaram", nem sequer estarão a disputar as provas europeias... se não é apenas amor ao dinheiro, o que será?

Bruno ao seu estilo.
BRUNO DE CARVALHO hoje esclareceu algumas coisas, no nosso novíssimo canal, Sporting TV, e não deixou qualquer dúvida acerca do tratamento que estes e outros casos similares, irão ter da parte da sua direcção. 

Mostrou-se inflexivel, e ao mesmo tempo tranquilo, pois entende que o grupo está forte e preparado para vencer já no Sábado a Académica. Deu também a entender que o plantel não está fechado, e que agora com estas situações poderá ter que haver uma resposta a altura, no que diz respeito ao reforço do plantel.

Deixou também um recado a todos os adeptos, para estarem tranquilos, encherem o estádio e puxarem pela equipa como aconteceu na temporada anterior.

Diz que há um longo caminho ainda a percorrer, havendo muito ainda para fazer. E como eu o entendo...

Para já, sademos que Rojo e Slimani, não jogarão em Coimbra, e que estão sod alçada disciplinar, e na minha leitura, julgo que dificilmente voltarão a envergar a camisola do Sporting, a menos que se retratem publicamente. O mais certo é acabarem por sair, ou então terão o mesmo tratamento que Labyad e Elias tiveram.

Desportivamente, isto não será nada benéfico para o Sporting, mas não podem haver "vacas sagradas" dentro de um plantel que se quer unido e focado nos seus objectivos.

FORÇA BRUNO!! ESTAMOS CONTIGO E COM A EQUIPA!!

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Analisando os reforços leoninos...

De volta à blogosfera, deixo aqui uma análise breve aos reforços/plantel do Sporting para a nova temporada, sendo que o mercado ainda está longe de estar fechado, e muitas novidades (saídas e entradas), poderão ainda acontecer.

Ramy Rabia
Com a confirmação da aquisição do central egípcio Ramy Rabia, os leões ficam com 5 centrais, Maurício, Rojo, Paulo Oliveira, Naby Sarr, para além de Rabia, sem contar com Fokobo, Semedo e Tobias, o que eleva para 8, as soluções para este sector, o que poderá indicar que pelo menos um ou dois deles poderão estar de saída, com Rojo a ser o principal "alvo" de potenciais interessados.

Naby Sarr
Paulo Oliveira não terá para já grandes possibilidades de se impor como titular, sendo uma alternativa válida para colmatar ausências da dupla titular, que passará por Maurício e Rojo (caso este não saia) e/ou Rabia, que a julgar pela experiência e capacidade de liderança que trás da sua anterior equipa no Egipto, não deverá ter dificuldade em impor-se, repito, caso Rojo esteja de saída. Já o francês de 1,97m, Naby Sarr, é ainda uma incógnita para mim, e poderá até resultar numa boa surpresa... a ver vamos, para já sabemos que é um internacional sub19, com grandes desempenhos na selecção e já com algumas aparições na equipa principal do Olympique Lyonnais.

André Geraldes
Ainda no sector defensivo, o Sporting foi buscar o jovem André Geraldes ao Belenenses, que pelo que se viu, não terá ainda grandes hipóteses de concorrer com Cédric para o lugar de lateral direito. É um jogador a rever, em jogos com outro tipo de responsabilidades. Fica a faltar um lateral esquerdo, para concorrer com Jefferson, pois neste momento, não existe mais nenhum lateral esquerdo de raiz, no plantel principal e apenas Mica Pinto (Sporting B), poderá ocupar o lugar, ou então deslocando Rojo para essa posição, que faz tão bem na selecção Argentina. No jogo com o Utrecht, Marco Silva colocou nessa posição Ricardo Esgaio, mas penso que não passou de uma solução de recurso, para dar alguns minutos ao jogador.

Oriol Rosell
No meio campo é que reside a maior virtude leonina, e caso não hajam saídas, qualquer jogador terá dificuldades em entrar no trio composto por William, Adrien e Martins, sendo o regressado João Mário, aquele que terá maiores possibilidades de jogar, pela simples facto de poder ocupar as três posições do meio campo. O espanhol Oriol Rosell tem dado excelentes indicações e é uma excelente alternativa a William, e no caso da saída do português, poderá assumir-se como pedra basilar do meio campo leonino, juntamente com Adrien Silva. O búlgaro Slavchev também poderá ser uma boa surpresa, embora talvez tenha maior Ryan Gauld, está a meu ver, e muito bem, a ser protegido por Marco Silva e a estrutura leonina, pois parece-me estar ainda a ter alguma dificuldade de adaptação à sua nova realidade. Se conseguir por em pratica tudo aquilo que já o vimos fazer, nos inúmeros vídeos que se encontram no Youtube, poderá vir a ser um caso sério a médio prazo, pois o seu talento é inegável. É ainda um "bébé"....
Ryan Gauld
dificuldade em assumir-se, para já, como titular, dada a produção e a forma com que Adrien e Martins já se encontram neste momento. Pelo que já vi, poderá vir a tornar-se num elemento importante no plantel, pois revela grande capacidade física, boa técnica e uma vontade imensa de se afirmar. O menino escocês

Junya Tanaka
Na frente de ataque, o destaque tem que ir para o japonês Tanaka, que tem aproveitado todas as oportunidades que Marco Silva lhe vai dando, e Montero que se cuide, pois apesar do colombiano ser uma peça importante na movimentação da equipa, é preciso que enfie a bola dentro da baliza, e Montero tem desempenhado mais um papel de um "10", que é aliás o seu novo dorsal na camisola. Golos precisam-se, e Slimani sabe bem o caminho para o golo, e é quanto a mim, uma pedra fundamental para o ataque ao título, pois trata-se de um jogador que "desbloqueia" resultados, e fura "auto-carros" com que os adversários se apresentam frente ao Sporting, sendo muito difícil de parar no jogo aéreo, como se viu a temporada passada e no mundial, perante defesas de grande capacidade como por exemplo, os alemães. Se sair será uma grande perda, e não será fácil encontrar substituto.

André Carrillo
Nas alas, o Sporting mantém os mesmos jogadores da época passada, com Carrillo e Capel a serem para já, as apostas de Marco Silva. Carlos Mané tem aparecido um pouco "apagado" nesta fase, e Shikabala continua a ser uma incógnita, alternando o muito bom, com o péssimo, parecendo-me a mim tratar-se de um problema a nível psicológico e de falta de confiança, bem como a difícil adaptação ao nosso futebol. Quanto a mim, parece-me um jogador que precisava de ter total liberdade na frente de ataque e isso será de todo improvável, jogando neste sistema de 4-3-3, em que os alas têm que trabalhar também muito a nível defensivo. Acho que continua a faltar um jogador para este sector, um jogador rápido, que desequilibre no 1x1 e forte no último passe. Apenas Carrillo reúne estas características, e esperamos todos que, finalmente, este seja o ano dele.

PES 2018 | Kits do Sporting CP 2017-2018

Como não encontrei em mais lado nenhum resolvi fazer os kits do Sporting e partilhar convosco. Não estão perfeitos, mas para já desenrascam....