segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Rio Ave 1-2 SPORTING CP - Mané resolve!

Slimani marcou o seu 4º golo na Liga
Mais uma vez, o "homem bomba" Super-Slim, saltou do banco para ajudar a resolver a partida, marcando o primeiro e sendo decisivo no segundo, atraindo os defesas para a sua zona e deixando o jovem prodígio Mané, sozinho para o golo da vitória.

Uma vitória que acabou por se revelar crucial, não só porque o Porto voltou a "capotar", mas também porque uma derrota com o Rio Ave, provocaria uma perigosa aproximação da equipa do Estoril, que ainda não está definitavamente afastado da luta pelo 3º lugar, e há que ter os canarinhos em conta para esta luta, que mostraram mais uma vez ser uma equipa a todos os níveis fantástica, até pelo seu curtíssimo orçamento. A vitória leonina mantém assim o Estoril à distância, e segura para já o 2º lugar, posição de extrema importância para o acesso directo aos milhões da Champions.

Esta vitória e a forma como foi conseguida, pode servir de tónico para um resto de temporada que todos desejamos que seja fantástica e com um final feliz.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Mais um Wallpaper com a marca Alcinov! ;)

http://1.bp.blogspot.com/-1LUxAkKQmRs/UwN6Z_sU8RI/AAAAAAAADqQ/oMODYF43Zng/s1600/montero_sporting_wall2.jpgNão tem marcado, mas joga muito...

Bruno de Carvalho a dar "baile" na SIC Notícias


Fiquei simplesmente deliciado a ouvir o que o nosso Presidente tinha para dizer acerca dos assuntos mais actuais do Sporting e do futebol português em geral.

E o que aconteceu é que o líder leonino deu uma autêntico bailarico aqueles irritantes comentadores, do mais irritante programa de debate desportivo da televisão portuguesa. De tal forma que o "dinossauro" do futebol nacional, J.G. Aguiar ficou sem argumentos para contrariar o nosso presidente, R.O. Costa (um dos críticos à candidatura de BC nas eleições), deu a mão à palmatória acerca trajecto altamente positivo do mandato de Carvalho até agora, e até R.G. Silva (por conveniencia, claro) esteve de acordo com o Presidente no caso do atraso na Taça da Liga.

O próprio moderador ficou praticamente "desarmado" na maioria das perguntas que visavam confundir os espectadores, particularmente no caso cuja decisão sairá amanhã. Bruno de Carvalho conseguiu de uma forma clara e sem atacar directamente ninguém, expor as razões leoninas para o protesto, deixando bem claro que os argumentos da defesa, e forma como foi conduzido o processo, não tem qualquer fundamento, e que só pode haver uma decisão favorável aos leões.

Em suma, Bruno de Carvalho saiu completamento por cima e com a sua posição reforçada, após esta intervensão.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Análise: SPORTING CP *1-0 Olhanense (*2-0 para nós...)

Entraram: Wilson, Carrillo e Slimani
Como seria de esperar, o Sporting entrou a todo gás, com vontade de fazer esquecer aquela nefasta 3ª feira, que nos deixou a todos nós frustrados. E durante cerca de 30 minutos praticou aquele futebol que nos habituou esta temporada, com velocidade e dinâmica, criando inúmeras dificuldades ao adversário, e não fora aquele golo mal invalidado ao Montero (ainda estamos a pagar a factura de alguns pseudo-benefícios), e os leões poderiam ter arrancado para uma goleada, mesmo a um ritmo mais baixo, mas jogando com maior tranquilidade, ao passo que os homens de Olhão certamente sentiriam que seria muito complicado virar um resultado de 2-0. Assim não foi, e o Sporting baixou a intensidade de jogo (não é possível estar a pressionar do inicio ao final dos 90', por muito que nós o desejássemos), e começou-se a sentir um nervosismo quer nas bancadas, quer dentro do terreno de jogo, especialmente na 2ª parte.

Aliás, a 2ª parte foi mesmo deprimente, e a fazer lembrar alguns jogos da temporada passada, sendo que até William Carvalho foi afectado por aquele marasmo em que a equipa se afundou. Há também algum mérito da equipa de Olhão, que foi acreditando e aproveitando a falta de inspiração de alguns jogadores do Sporting. Felizmente não sucedeu o que normalmente acontece nestas alturas, em que acabamos por sofrer um golo quase no final e irmos todos para casa a lamentar a perda de dois pontos e o golo anulado ao Sporting.

Mané resolve!
Pela positiva destaco, pois claro, Carlos Mané, que marcou o seu 1º golo na Liga e o 2º esta temporada,Montero também esteve ao seu nível, e marcou e deu a marcar um golo, num lance de génio, sendo que foi um crime aquele golo anulado, em que o colombiano estava 2 metros em jogo. Os regressos de William Carvalho e Jefferson, trouxeram o Sporting de volta ao seu modelo e qualidade de jogo habitual, embora o amarelo visto por William, parece ter intimidado o jogador, que se retraiu durante demasiado tempo, aparecendo melhor já no último quarto de hora da partida. Patrício voltou a mostrar grande segurança, nas poucas vezes em que foi chamado a intervir. Adrien foi mais uma vez, o melhor em campo. O Sporting melhorou com as entradas na 2ª parte de Wilson, mas principalmente Carrillo que veio trazer aquilo que estava a faltar, criatividade e imprevisibilidade no ataque dos leões.
sendo o elemento mais dinâmico na equipa dos leões, enquanto o futebol pressionante durou.

Pela negativa, a intranquilidade e nervosismo evidenciados por alguns elementos do Sporting, nomeadamente: Rojo, Maurício e André Martins, com o argentino a exceder-se mais uma vez e a levar um amarelo desnecessário (já devia saber que a nós não nos perdoam nada...), Maurício algo nervoso, André Martins muito trapalhão e a parecer que está a pedir para ficar uns tempos no banco. Heldon revela ainda estar um pouco deslumbrado por vestir tão "pesada" camisola. As coisas também não sairam muito bem ao lateral Cédric, embora tendo estado bem a defender, não conseguiu efectuar muitos e bons cruzamentos para a área, como é seu hábito.

Em suma, foi uma vitória justa, mas demasiado curta para as expectativas da maioria dos adeptos leoninos. Mas também não é caso para já estarmos a pôr em causa, todo o excelente trabalho que está a ser feito por Leonardo Jardim e seus pares, até porque isso pode afectar psicologicamente a equipa. A memória dos sportinguistas não pode ser assim tão curta... e preparem-se que isto vai ainda levar alguns anos, até que o Sporting de endireite de uma vez por todas, assim não entre outra vez em loucuras do passado.

ESTE É O CAMINHO!!


quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Análise ao Derby - Apenas um dia mau!

Heldon - Mau dia para uma estreia tão ansiada...

Só lamento que tenha acontecido logo neste jogo. Mas o facto é que os leões fizeram a pior exibição da época, quer em termos individuais, quer em termos colectivos. 

E quem é o culpado nesta história?

O mais fácil é jogar toda a culpa no treinador Leonardo Jardim, a partir do momento em que a sua ousadia de jogar com aquele trio de ataque e apenas dois homens no miolo, falhou rotundamente. Uns poderão dizer que era previsível, outros que o adiamento do jogo retirou o efeito surpresa da estratégia e deu tempo a JJ de se preparar melhor para o jogo. É claro que é mais fácil agora tirar ilações, mas havia já aí muitos treinadores de bancada a dizer que Jardim deveria jogar com Montero e Slimani, juntos na frente, logo de início.

Numa verdadeira equipa, quando os resultados são negativos, deve repartir-se as culpas por todos, mesmo havendo maior ou menor responsabilidade de um ou outro elemento.

Dier - recuou demasiado no terreno...

Na minha opinião, mais do que a táctica, falhou a forma como os jogadores leoninos abordaram o jogo e a estratégia do treinador do Sporting, parecendo não ter conseguido por em prática aquilo que estava planeado e acabando por sentirem-se desconfortáveis em campo, ainda para mais num ambiente "hostil" a que muitos deles não estariam ainda habituados, pois não esqueçamos que muitos jogaram ontem o seu primeiro derby na casa do seu velho rival. A ausência de William Carvalho também se fez notar, e de que maneira...



  • Mas será caso para se entrar já em paranóia?
  • Não sabíamos todos à partida que este seria o ano 0?
  • Será que já éramos candidatos ao título?


Adrien - um LEÃO mas muito isolado...
Penso que este jogo poderá servir também para que algumas pessoas desçam à Terra, inclusive alguns jogadores, e que se foquem em vencer jogo após jogo, sem se preocuparem se os rivais perdem, ou deixem de ganhar, pois é óbvio que não lutamos com as mesmas "armas" dentro e fora de campo.

Leonardo Jardim irá voltar com toda a certeza à fórmula inicial, e que tão bons resultados deu até aqui. Coincidência ou não, quando se começou a sonhar mais alto, as exibições e comportamentos mais "nervosos" da equipa em campo, fizeram-se sentir. Não esqueçamos que estamos perante uma jovem equipa e ainda é cedo para colocar sobre os ombros destes miúdos, o peso de terem que ficar à frente de equipas habituadas a ganhar e que mantiveram praticamente o plantel do ano passado, embora estejam mais frágeis.

Eu acredito e confio neste grupo de trabalho (direcção incluída), como há muitos anos não acreditava, mas há que dar tempo ao tempo, e não voltar a cometer erros do passado, alterando tudo, assim que os primeiros desaires começam a surgir. TENHAM JUÍZO!


Obs: Não tive oportunidade de ver o jogo na TV, por razões óbvias, ouvi com atenção o relato e vi depois os resumos. Não o suficiente para fazer uma análise individual de cada jogador.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Empate com sabor amargo! E mais um erro...

Sorte é coisa que normalmente o nosso Sporting não tem. Com esta, é a 3ª oportunidade que os leões desperdiçam esta temporada para ganhar vantagem aos seus rivais. Curiosamente, por coincidência ou talvez não, nas 3 situações aconteceram erros que influenciaram o resultado final. Falo de Rio Ave, Nacional e agora Académica, com aquele penalty que mesmo a não ser convertido, provocaria a expulsão por acumulação de amarelos ao jogador da Académica. O G.Redes Ricardo e Paulo Batista (o tal que se recusou a apitar o Beira-mar x Sporting, na era Domingos), conseguiram parar mais uma vez o leão.


Sub: Slimani (Martins), Eric Dier (Jefferson), e Capel (Wilson)

Montero, Adrien e Rojo, foram para mim os elementos de maior rendimento do Sporting. Apesar de não marcar, Montero foi o que mais situações de perigo provocou no jogo, e só por mera infelicidade não conseguiu facturar (está difícil passar do 13º golo...). Rojo foi o mais inconformado com o resultado "empurrando" os companheiros para a frente, com bons lançamentos á distância, quer para Montero, quer para os alas leoninos, e não foi pelo seu lado que a briosa criou perigo. Adrien está a tornar-se num elemento chave dos leões, e com o passar dos jogos está a jogar cada vez melhor, e são inúmeras as bolas que recupera e as transições que proporciona à equipa. Quanto aos restantes elementos que iniciaram o jogo, não se pode dizer que estiverem mal, mas esperava mais e William (era evidente que não iria escapar ao amarelo), Jefferson esteve sempre muito nervoso, apesar de ter dado uma boa dinâmica ao seu flanco, com Carlos Mané também a evidenciar-se mais por aquele flanco. André Martins esteve muito apagado, Cédric efectuou alguns bons cruzamentos, mas também não esteve no seu melhor e Maurício não complicou, cumprindo a sua missão. Wilson Eduardo, esteve bem em termos tacticos, mas foi inofensivo no ataque, não conseguindo desiquilibrar nas alas.

Slimani entrou muito bem, mais uma vez, e também só não marcou, porque na baliza estava um super inspirado e afortunado Ricardo. Eric Dier, entrou com a sua calma e competência habitual, e é para mim o candidato nº1 a render William no derby, e tenho a certeza que não será por ali que os "galinácios" irão tirar vantagem. Capel entrou, correu, lutou como é seu hábito, mas as coisas não lhe correram bem. Patrício foi mero espectador.

É verdade que empatamos muito por culpa própria, mas jogamos o suficiente para vencer a partida, e com os mesmos critérios de que os nossos rivais beneficiam, teríamos com toda a certeza amealhado os 3 pontos. Enfim, para vencermos, temos mesmo que ser muito melhores que os adversários.

Penalty e expulsão! Erro com influência directa...


sábado, 1 de fevereiro de 2014

Oléee! Olé, Olé, Oléee... Shikaaa! Shikaaa!

Mas o mais giro, é que os Mijões da fruta, perderam... Ah Ah Ah!

3 novos craques para atacar a CHAMPIONS!

Com muitas "convulsões" à mistura, típica destas últimas horas do fecho do mercado de Janeiro, o Sporting acabou por oficializar 3 novos jogadores.

Heldon diz-se sportinguista
E a maior surpresa talvez tivesse sido o Heldon, pois tudo indicava que o negócio não iría avançar para já. Mas não só o Sporting garantiu o jogador, internacional por Cabo Verde e um dos melhores goleadores esta temporada, com 11 golos apontados, 9 na Liga e 2 na Taça, atuando a extremo pelo Marítimo, mas também garantiram o avançado Sami, a custo zero, no final desta temporada.


Este miúdo vai triunfar
Acertado já estava o negócio pelo central internacional sub20 pelo Paraguai, Matías Pérez, e o Sporting oficializou o negócio, com o jogador a assinar contrato até 2019, com cláusula de 45 Milhões, rumando para já à equipa B.



Este gosta do Facebook...
Mais complicado esteve o negócio de Shikabala, com muitos avanços e recuos, e neste caso foi mesmo em cima do fecho que se chegou a um acordo, com o contrato e entrar na Liga a "queimar" o fecho. Foi uma situação com contornos muito estranhos, e que não me admiraria que tivesse "dedo" dos "suspeitos" do costume. Talvez seja porque se trate de um jogador de grande categoria, em mais um negócio da "china", e que poderá, à semelhança de Slimani, causar sensação no nosso campeonato, asssim o desejamos todos.

Vamos a ver se não acordamos amanhã com notícias desagradáveis...

Época 2017-2018 | Jogo de Apresentação

Depois do Estágio na Suíça, onde as coisas correram dentro daquilo que é normal nesta altura, embora hajam sempre adeptos mais impacientes ...