quarta-feira, 30 de maio de 2012

Jeferson "Paulista" perto de assinar

Segundo as notícias que correm pelos media portugueses e brasileiros, o Sporting está perto de garantir o concurso deste jovem médio ofensivo, que actua no Botafogo, mas que é oriundo da formação do São Paulo.

Jeferson Anti Filho, conhecido por Jeferson "Paulista" devido a essa origem em São Paulo, tem 20 anos e é um jogador de grande capacidade de passe e leitura de jogo, sendo que um dos seu pontos mais fortes, são as bolas paradas, onde aplica com precisão o seu excelente pé esquerdo.

A vinda deste jogador poderá estar relacionada com a provável saída de um dos médios ofensivos do Sporting, Matias ou Izmailov, cujo rendimento tem sido muito inconstante ao longo das últimas épocas, com as lesões a surgirem em catadupa sobre ambos, sendo o russo o mais afectado. Os elevados salários destes dois jogadores, também podem estar na origem de uma tomada de posição.


Pelo que tive oportunidade de "investigar", poderá estar aqui uma oportunidade de um excelente negócio, de risco pouco elevado, e com garantias de algum sucesso. Um bom desempenho deste atleta no Sporting, poderá disparar o valor do seu passe, que ao que parece andará à volta do 1,5 Milhões de euros.

Aqui fica um vídeo que mostra algumas das qualidades de Jeferson.




terça-feira, 29 de maio de 2012

Teremos um 4-4-2 ou um 4-3-3?


Quem percebe minimamente de sistemas tácticos no futebol, entende que quando se fala em 4-3-3, estamos a falar de 4 defesas, 3 médios e 3 avançados. Na teoria há muita gente que pode dizer que este ou aquele clube joga em 4-3-3, mas são muito poucos os que realmente o fazem, pois trata-se de um sistema de risco, onde os 3 médios têm que ter grande capacidade de recuperação de bola, muitos fortes no passe e nas transições, para além de se lhes exigir concentração máxima, do 1º ao último minuto de jogo. Muito poucos clubes conseguem ter um nº suficiente de jogadores com estas características, para jogar neste sistema, até porque não se pode contar só com os 3 titulares.

Para além disso, a responsabilidade pedida aos extremos, nas ajudas aos laterais na hora de defender, não está ao alcance de todos, até porque a maioria dos extremos têm alguma dificuldade neste aspecto. Daí muitas vezes os treinadores optarem por colocar numa das alas, um jogador com maior capacidade de recuperação, que é o que acontece muitas vezes com Izmailov, a ser colocado muito mais vezes como ala, do que como médio centro, devido precisamente ás suas características. Noutras alturas optou-se por Pereirinha, ou até mesmo por Evaldo, jogando o Sporting com laterais pela esquerda, avançando Insúa. São claras as dificuldades em termos de equilíbrio no meio campo, quando o Sporting joga com Capel e Carrillo de início.


Além do mais, no 4-3-3 deixa de fazer sentido o tradicional nº10, que joga nas costas dos avançados, possuidor de grande técnica e genialidade, mas que depois não gosta muito de trabalhar defensivamente, nem tem a agressividade necessária para o fazer (ex: Matias Fernandez). As coisas podem correr bem, quando se joga em casa, e perante uma equipa pouco agressiva, e com o meio campo pouco povoado, o que é raro no nosso país, onde a maior parte joga num 4-5-1 (ou nas suas variantes, 4-2-3-1 ou 4-1-4-1). 

Até mesmo para pressionar alto, este sistema se torna muito perigoso, quando não se possui os jogadores adequados para o fazer. Foi um pouco o que condenou Domingos e o Sporting no início de época, agravado com a lesão de Rinaudo (jogador que vale por dois naquele meio-campo).

Penso que foi um pouco isto que Sá Pinto corrigiu, e deu-se muito melhor, pois percebeu que o talento de Matias não podia ser desperdiçado na recuperação de bolas no meio campo, e então recuou mais a equipa, passando a jogar com um bloco médio/baixo, defendendo num 4-4-2, com os extremos a serem obrigados a recuar para Médios ala, e fazendo uma pressão mais central com Matias nas costas de Wolfswinkel. Resultou com isto que o Sporting quando defrontou equipas mais fortes, denotou grande apetência para o contra-ataque, porque atraía o adversário para o seu meio-campo e depois desferia muitos golpes em transições, utilizando a velocidade dos seus alas. O melhor período coincidiu também com o bom momento de Izmailov, que actuava pela direita, com Capel pela esquerda, deixando o Sporting muito equilibrado. A capacidade de recuperação de Elias (Carriço ou A.Martins na Europa) e Schaars era suficiente para a zona central.

O problema deu-se frente a equipas que meteram o "autocarro", e aqui há claramente que arranjar um Plano B, onde o envolvimento terá que ser outro, com maior dinâmica e movimentação na frente de ataque, colocando dois avançados centro, um mais fixo e com bom jogo de cabeça, alternando entre o jogo directo e jogo pelas alas, obrigando o adversário a recuar cada vez mais as suas linhas e evitando entrar pela zona central, onde se pode perder a bola e sofrer calafrios em transição.

É aqui que o Sporting tem que se reforçar, contratando um avançado com boa capacidade física e forte no jogo aéreo, que possa concluir os inúmeros cruzamentos efectuados por Capel, Insúa e Carrillo, principalmente. Um central rápido, e forte a sair a jogar, também é indispensável, para que o Sporting possa nestas ocasiões jogar com a linha defensiva mais subida.

É hora de valorizar o que é nosso!


Se estivéssemos a falar de um Adrien proveniente da Argentina, de um Cedric da Croácia e de um Wilson vindo directamente do Flamengo do Brasil, estaríamos todos a festejar estas 3 excelentes aquisições, já com provas dadas, e todos internacionais pelas selecções jovens.

Como se tratam de 3 portugueses, e "velhos" conhecidos da casa, achamos que não é o suficiente para reforçar o plantel para lutar pelo 1º lugar. É por pensarmos assim que outros clubes têm aproveitado da melhor maneira as nossas "sobras" (exemplo Sp. Braga, que com orçamento muito baixo, tem lutado nos últimos 3 anos pelos primeiros lugares até ao fim). Estes jogadores acabam por encontrar uma casa onde são vistos e tratados como "Senhores", ao contrário do que acontece em Alvalade.

Está na hora de valorizar e sobretudo acarinhar os nossos jovens jogadores, deixá-los crescer sem partir logo para a critica na primeira má exibição. Quanto dinheiro o clube já estoirou com jogadores caríssimos e de qualidade muito duvidosa, ou que simplesmente não se adaptaram? Sim, porque por vezes o que à partida parece ser uma grande aposta (ex: Sinama Pongolle, Stojkovic ou Bojinov), torna-se numa grande desilusão, e entretanto foram enterrados Milhões nessas contratações, para não falar dos seus chorudos salários, que o Sporting continua a pagar, mesmo sem contar com os jogadores.

Qual é o risco maior? Apostar nos nossos jovens, alguns já perfeitamente adaptados ao clube e ao futebol português, ou em estrangeiros "desconhecidos", alguns que até mostraram qualidades nos anteriores clubes, mas que vêm para uma realidade diferente, e muitas vezes em condições físicas deficientes.

Muitas vezes nós adeptos temos a nossa culpa, porque exigimos do clube aquilo que ele não pode dar, desvalorizamos os nossos activos, ao assobiarmos constantemente os jogadores que não desejamos (as saídas do Postiga e Djaló ao preço da chuva, têm muito a ver com o clima gerado em torno destes atletas, clima esse provocado principalmente pela massa adepta), se os jogadores já tinham a sua confiança comprometida, fruto de duas épocas deprimentes do clube, ainda pior ficaram. Curiosamente os clubes que os acolheram, festejaram efusivamente a suas contratações. No caso de Postiga, fez mesmo uma época excelente na liga espanhola, sendo decisivo na manutenção do seu clube na primeira liga espanhola. Para além do mais, é titular numa das melhores selecções do mundo, Portugal. 

Em recente entrevista, Godinho Lopes falou em apenas duas contratações, e falou muito bem, porque o Sporting apenas precisa de reforçar dois sectores, 1 defesa central e 1 avançado centro de qualidade inequívoca. Até porque o investimento feito a temporada passada, não pode ser repetido esta época.

É óbvio que os bons negócios como o de Labyad, são sempre de aproveitar e mais surpresas podem surgir, mas acredito que só se sair algum dos jogadores considerados fundamentais, o Sporting deverá avançar para mais do que duas aquisições.

domingo, 27 de maio de 2012

Os jogadores não são mercadoria...

Agostinho Cá
Muito se tem especulado acerca do aproveitamento dos jovens formados na Academia, pelo Sporting. Nos últimos dias fala-se das saídas de Agostinho Cá e Edgar Ié para o Inter de Milão, e logo apareceram os "iluminados" a criticar sem sequer saber os contornos do negócio, nem sequer haver ainda confirmação oficial.

Todas as épocas há um nº considerável de atletas da Academia (cerca de 10 jogadores, umas vezes mais, outras menos), que atingem a idade sénior e obviamente querem encontrar clube e jogar. É de todo incomportável para os cofres leoninos manter toda esta gente "debaixo da sua asa", com contratos e cláusulas que obviamente têm os seus custos. Têm havido inúmeras situações de jogadores que passam eternamente emprestados (com o Sporting a suportar os seus salários, em parte, ou na totalidade), jogadores esses que prometiam muito, mas nunca atingiram um nível suficientemente bom para jogar num grande, aumentando consideravelmente os custos e depois terminam o seu contrato e não chegam a dar qualquer retorno ao clube.

Arias será melhor que Cedric?
Ninguém pode prever o futuro, e depois os jogadores não são mercadorias, são pessoas com vontade própria, e se pretenderem sair para o estrangeiro com garantias de um salário muito melhor, e incomportável para o Sporting, sendo que o clube não pode estar a pagar salários elevados a jogadores que depois irão para a equipa B ou emprestados, o Sporting nada pode fazer. Além disso estamos a falar de jovens que também têm os seus sonhos de uma carreira no estrangeiro, sabendo que em Portugal muito dificilmente terão espaço nos planteis dos principais clubes, porque estes preferem ir buscar jovens sul americanos, de qualidade duvidosa, muitas vezes para satisfazer os interesses de alguns empresários, como que "pagando" favores ou mesmo cedendo a pressões (há também as altas comissões), pois como todos nós sabemos, o mundo que rodeia o futebol é tudo menos "um país das maravilhas".

Patrício sofreu em Alvalade
Depois algumas das pessoas que vejo criticar, não têm legitimidade para o fazer, porque quando o clube faz apostas fortes nos jogadores da formação, colocando-os a jogar na equipa principal, logo vêm dizer que não têm experiência, ou não têm qualidade, assobiam-os quando as coisas lhes correm menos bem, como Patrício por exemplo, que hoje só está no Sporting devido à teimosia de Paulo Bento, porque por vontade de muitos teria saído logo nos primeiros anos.

Silvestre Varela
Há ainda aqueles que só atingem a sua verdadeira maturidade e categoria, muito mais tarde, e que depois aparecem em grande em outros clubes, sem que o Sporting nada possa fazer para o evitar, pois as circunstâncias assim o ditaram. Caso de Varela, por exemplo, que se manteve emprestado várias épocas, acabando por rescindir contrato, por nunca ter tido espaço para jogar regularmente no Sporting, até porque, como o próprio admitiu, o seu profissionalismo não era o melhor nos seus primeiros anos de sénior.

Os jogadores que demonstram desde cedo capacidades óbvias de se virem tornar jogadores de topo, das duas uma, ou o Sporting os coloca no seu plantel principal rapidamente, e aposta neles, ou os próprios, muitas vezes aconselhados pelos seus empresários, acabam por rescindir, ou não querer prolongar o seu contrato, para ficarem livres de escolher os seus destinos, aparecendo depois clubes com outras capacidades económicas, com os quais o Sporting não pode ombrear. O problema muitas vezes é como encaixar esses jogadores no plantel. Talvez a equipa B venha resolver alguns dos problemas.

"Preso por ter cão e preso por não ter"

Se o Sporting aposta forte nos jovens da Academia, corre o risco de ser crucificado pelos adeptos por ter um plantel inexperiente e com pouca qualidade, comparando com os principais rivais, se não aposta, acaba por os ter que deixar sair, pois não há espaço para eles, e não se consegue manter todos, sendo que alguns são "caixinhas de surpresas" que nunca se sabe o que aquilo vai dar.

Mas o que me irrita mais é ter que levar constantemente com afirmações de pessoas que criticam por criticar, "se chove é porque chove, se faz sol é porque faz sol", e nem sequer param para pensar um bocadinho, achando que as pessoas que têm que decidir são todas burras e eles é que são os inteligentes.

FALAR É FÁCIL, DECIDIR É BEM MAIS COMPLICADO!


sexta-feira, 25 de maio de 2012

Obrigado por tudo, TIAGO!

Tiago anunciou hoje a sua retirada, como jogador profissional 

A posição específica de um guarda-redes é muito ingrata. Sobretudo pelo facto que ao longo da uma temporada, os treinadores apostam no seu guarda-redes, cabendo aos outros esperar por uma oportunidade, que por vezes só surge mediante uma lesão ou castigo do habitual titular, ou numa partida de "menor" importância, ou ainda numa outra competição (Taça) por opção do treinador.

Pode-se dizer acerca de Tiago, que foi o "eterno suplente" ao longo de grande parte da sua carreira. Mas sempre que foi chamado, cumpriu com atitude e competência, voltando depois para a sua condição de 2º e muitas vezes 3º guardião leonino, sem nunca reclamar.

Só que a importância de Tiago foi sempre muito além de tudo isso, pois teve um papel fundamental ao longo dos anos no "balneário", onde muitas vezes se ganham e se perdem campeonatos, onde muitas vezes surgem problemas irreparáveis em qualquer plantel. Importante o apoio que deu aos diversos companheiros de sector, e não só, mas sobretudo a Rui Patrício, pois tenho a certeza que teve papel fundamental no crescimento do actual nº1 do Sporting e da Selecção. Acredito que Tiago, agora que resolveu pendurar as luvas, se tornará num elemento da equipa técnica, dentro do clube, mais cedo ou mais tarde, pois acho que está talhado para isso.

Obrigado Tiago, pelo teu profissionalismo, e incrível carácter e personalidade. És Grande!

Coração de Leão até 2014


O Sporting em comunicado, anunciou a renovação de Ricardo Sá Pinto por mais uma época, ou seja, até 2014, visto já existir um contrato válido até 2013. Assim sendo, vamos ter com toda a certeza uma equipa à imagem da que vimos nestes últimos meses em Alvalade, sendo que agora Sá Pinto terá mais tempo para colocar em prática as suas ideias, e para retocar o seu plantel mediante o que pretende para o Sporting.

Que a sorte desta vez esteja com ele, porque se a tiver, será bom sinal para o clube. Da minha parte, terá sempre o meu apoio, como tiveram os outros que por lá passaram, pois sou completamente contra as "chicotadas psicológicas", embora por vezes surtam algum efeito, quando as coisas se tornam insustentáveis. Mas sou incapaz de ir para o Estádio assobiar, ou acenar com lenços brancos a exigir a demissão dos treinadores. Existem pessoas responsáveis, que foram legitimadas pela maioria dos sócios leoninos, para tomar esse tipo de decisões. A mim compete-me apoiar, até que me faltem as forças. Para criticar já bastam os "pasquins", comentaristas e paineleiros, que andam por aí aos "magotes".

LABYAD marca dois golos (Resumo aqui)

A selecção de Marrocos perdeu 3-4 com o México, mas Labyad esteve em destaque, em jogo a contar para o Torneio de Toulon:



quinta-feira, 24 de maio de 2012

É oficial: João Pereira no Valência


O Sporting já comunicou à SMVM a transferência do jogador João Pereira, de 28 anos (não esquecer este pormenor) por cerca 3.6 Milhões, valor que pode ascender aos 4.1, no caso do Valência atingir a fase de grupos.

Já vi por aí grandes manifestações de estupefacção acerca dos valores envolvidos, mas quanto a mim, João Pereira dificilmente seria vendido por valores superiores a 5 Milhões de euros. Já vi por aí autênticos lunáticos a falar em 10 Milhões... enfim! A esses só digo que isto não se trata de jogo de PC (FM por exemplo), que se dá 2 ou 3 cliques e puff!... já está.

Concordo que poderia ter-se esticado a corda um pouco mais, mas o que é certo é que o Sporting não está em grandes condições para rejeitar propostas, e para além disso confio plenamente e muito mais nas capacidades negociais de Carlos Freitas e Luís Duque, do que em qualquer um desses comentadores que falam sem conhecimento de causa. Uma transferência envolve muita coisa, muitas vontades de várias pessoas e principalmente do próprio jogador. E há ainda a questão salarial, pois acredito que seja mais um com salário acima da média em Alvalade.

A partir de agora e apesar dos bons desempenhos deste jogador, também deixo de estar constantemente com o "coração nas mãos", sempre à espera que JP fizesse das suas e fosse para a rua.

Têm a palavra Arias e Cedric, e acho que a ala direita fica muito bem entregue.

Amigos sportinguistas, não é a ir para o estádio assobiar os jogadores que temos, que os conseguimos valorizar. Cada vez mais "as paredes têm ouvidos", e os clubes e empresários não andam a dormir. Todos os pormenores contam. O Sporting vai ter que cortar e muito nas despesas esta temporada e acredito que mais jogadores com salários elevados (Matias por exemplo), venham a sair, e por preços acessíveis para quem os comprar. Não se esqueçam que o Sporting é apenas uma parte no negócio...

Obrigado João Pereira, pela tua garra e empenho nos jogos, e boa sorte!

City e United em duelo por "ICEMAN"

Em Manchester avizinha-se uma disputa entre os dois rivais e poderosos clubes da cidade, para a aquisição de Wolfswinkel. Quem o garante é o site fichajes.com.

O Sporting terá que se apressar na renovação do contrato do Holandês, pois corre o risco de perder o jogador, mas também alguns Milhões, pois não possui a totalidade do passe do atleta e a ambição que o mesmo já demonstrou, embora esteja satisfeito em Alvalade, pode resultar na sua saída, pois quem manda são as notas de €.

Ficamos a aguardar...

Yordi Reyna pode estar a caminho...

Esta é a sua página no Facebook:  http://facebook.com/YordiReynaAL

Imprensa peruana avança com interesse leonino neste jogador, que pode seguir as pisadas de André Carrillo. Trata-se de um avançado móvel, que actua preferencialmente pelas alas, é internacional sub20 e joga no Alianza Lima, a ex-equipa de Carrillo.

Ainda segundo o site peruano, que já coloca o promissor jogador com a camisola leonina, este poderia chegar por uma verba a rondar o 1.8M dólares.

Fica aqui um vídeo de Yordi Reyna:


Muito obrigado Sr. Anderson Polga!


Alguns sportinguistas podem questionar a qualidade do jogador, pois estão no seu direito, mas nunca poderão questionar o profissional Polga. Desde que ingressou em 2003 no grande Sporting, este senhor foi sempre um exemplo de como se deve comportar um profissional dentro e fora de campo.

Teve momentos altos, momentos menos bons, foi causador de muitas divisões de opinião, mas os sucessivos treinadores que foram passando pelo clube nestas 9 temporadas, e foram bastantes, sempre apostaram no brasileiro como primeira opção para a defesa, a questão sempre foi quem jogaria ao lado do campeão do mundo (seriam todos loucos?). 
O "calcanhar de Aquiles" do central foi o facto de não conseguir ter marcado nenhum golo, ao longo destes anos, no campeonato português, muitas vezes também por puro azar, como aquela bola que enviou ao poste no último jogo no Dragão, onde foi considerado por muitos o melhor em campo.

A ingratidão é dos sentimentos mais mesquinhos do ser humano, e foi isso que alguns ditos adeptos leoninos que estiveram no Jamor, fizeram questão de transmitir a Anderson Polga naquele que seria o seu mais que provável último jogo. Polga merecia outra despedida... Saber perder, continua a ser uma virtude cada vez mais difícil de encontrar.
Lembro-me perfeitamente do dia que festejei a contratação deste jogador, internacional brasileiro, para o nosso clube, e se muitas vezes também critiquei as suas actuações, foram muito mais as vezes que Polga esteve bem, e algumas vezes mesmo soberbo. Naturalmente a idade pesa, e Polga teve dificuldades perante adversários mais rápidos, quando os treinadores o colocaram a jogar com 30 metros nas suas costas. 
Com Sá  Pinto, Polga fez lembrar o jogador que o Sporting foi buscar em 2003 ao Brasil. Polga enfrentou Aguero, Dzeko, Hulk, Llorente e muitos outros jogadores muito mais jovens e mais velozes, e foram muito mais os duelos que ganhou, do que os que perdeu.


Apesar de tudo compreendo perfeitamente a sua não renovação, pois tudo tem o seu tempo, e o salário de Polga é um fardo muito pesado para as contas leoninas.

OBRIGADO POLGA!  E BOA SORTE!

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Ás 17h00 era tudo bom, ás 19h00 já tudo era mau


Não posso compactuar com este tipo de coisas. Os mesmos que tanto elogiavam Sá Pinto e a nova "onda" leonina até ás 17h00 de ontem, passaram a duvidar das suas capacidades e da capacidade de um plantel inteiro.

Mas que diabo, que raio de gente é esta? Serão os mesmos, com toda a certeza que quiseram ver Paulo Bento pelas costas, e que foram os principais causadores do "mergulho" deste clube numa crise profunda em termos desportivos, porque em termos financeiros ela sempre existiu.
Sempre fui um acérrimo defensor de PB, embora também discordando de algumas das suas opções, mas quem sou eu para por em causa a sua competência. Naquela altura já tinha dito que a saída de PB seria muito pior que a sua permanência. PB em quatro anos "só" conquistou 4 títulos para este clube, 3 deles conquistados em finais perante o FCP, depois de ter eliminado o SLB, tendo atingido 2 finais da Taça da Liga, uma delas perdida da forma que todos nós vimos e ambas nas gp's. Para além disso, com PB estivemos sempre na Champions, mesmo nos anos em que só 2 clubes portugueses tinham acesso, e disputou 2 campeonatos até mesmo ao seu final, perdendo-os devido a circunstâncias que todos nós também sabemos.

Mas tudo isto foi rapidamente esquecido por muitos sportinguistas, que vi com tristeza insultar o homem como se de um inimigo se tratasse, um homem que sempre deu o "peito ás balas" pelo clube e cujo percurso no Sporting foi brilhante como jogador e treinador, tendo conseguido com muito pouco o que outros não conseguiram com muito. Vi com orgulho o Sporting desfilar na Champions frente a Manchester e Barcelona por exemplo, com 8 e 9 portugueses em campo, e muitos miúdos da Academia, alguns ainda com 19/20 anos como Patrício (naquela altura assobiado por muitos), Pereirinha ou João Moutinho. Mas para "esses" sportinguistas isto era muito pouco, e então toca de "correr" com o homem... o resultado está à vista, e já vamos em 3 épocas sem nada para festejar, e fora da Champions.

Enquanto existirem  este tipo de comportamentos  no Sporting, dificilmente alguma vez o clube sairá desta crise, e regressará aos tempos de glória.

Espero que não façam o mesmo com as pessoas que neste momento estão ao leme, e principalmente Luís Duque, Carlos Freitas e Sá Pinto. As pessoas têm que perceber que isto é um jogo, e cada vez mais um jogo de sorte e azar, mas também de interesses económicos, e se em vez de atacarem o próprio clube quando perde, atacassem ( mesmo que facciosamente como  fazem os nossos adversários) o sistema que está instalado no nosso futebol, que estende a passadeira para uns e a retira para outros, o nosso clube ganharia muito mais com isso.

Deixo só uma pergunta: Porquê que o nosso clube normalmente quando joga mal perde, e outros grandes clubes ganham mesmo jogando mal? Será apenas incompetência nossa e sorte dos outros?


domingo, 20 de maio de 2012

Derrota amarga num jogo muito pobre


Um azar e um erro no mesmo lance deram a Taça à Académica. Paulo Batista não teve o mesmo critério que teve em outras ocasiões, com outros protagonistas, caso contrário a Académica não terminaria com 11. Hoje optou por um critério largo que beneficiou a equipa que passou o jogo todo a defender e a chutar para a frente. Também não quis ver uma bola que bateu no braço de um defensor da Académica.

O Sporting jogou mal? Sim, não fez sobretudo uma primeira parte com a intensidade que se exigia, esteve melhor na 2ª parte, mas é impossível jogar bem, contra uma equipa que não quer jogar, e que passou os últimos 40 minutos de jogo a fazer anti-jogo. O Sporting nunca conseguiu arranjar o antídoto para este tipo de jogo, durante toda esta temporada.

Termina da pior maneira, uma época muito irregular. Melhores dias virão, é o que esperam todos os sportinguistas. Títulos? Se nos deixarem, é possível conquistá-los...

sábado, 19 de maio de 2012

Emprestados devem defrontar o seu "clube patrão"?

Eu sou completamente contra a utilização de jogadores emprestados nos jogos frente aos clubes que detêm os seus passes e em muitos casos, também pagam os seus salários.



Esta regra tem de uma vez por todas que ser alterada e/ou reformulada. Até porque depois nem todos são verdadeiramente "profissionais" ao ponto de jogarem frente ao seu clube de origem da mesma forma, e com o mesmo empenho, e os que o fazem podem estar a comprometer o seu próprio futuro, no caso de virem a regressar na época seguinte, ou mesmo no mercado de Inverno. Lembro-me do caso Wender, por exemplo, que foi emprestado ao Braga poucos dias antes do Sporting receber os minhotos, e foi o que se viu, com o brasileiro a fazer excelente exibição marcando golos e comprometendo a classificação final do seu próprio "clube patrão", pondo mesmo em causa a conquista do campeonato e/ou o apuramento para a Champions (aliás o timing desse empréstimo foi no mínimo ridículo).

Cada clube deveria ter no máximo 1/2 jogadores emprestados do mesmo clube, não podendo estes defrontar o clube que lhe paga, evitando assim desconfortos como o que aconteceu ainda nas últimas horas com Adrien, que veio demonstrar ambição em vencer o "seu" clube na final (tem toda a legitimidade para isso, mas deveria estar calado), e com Sá Pinto a mostrar também algum incómodo com a situação na conferência de imprensa da final da Taça.

Eu pergunto: De que lado vai estar o coração de Adrien Silva ou Cédric Soares? Sim, porque no futebol também se joga e muito com o coração. Irão festejar se marcarem golo? Se festejarem ficarão bem vistos em Alvalade? E se forem expulsos ou cometerem uma grande penalidade decisiva? O que irão especular os adversários?

Enfim... é o futebol que temos...

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Mais uma meia-final perdida


As modalidades leoninas têm estado em grande destaque, conseguindo atingir fases adiantadas nas provas internacionais em que estão inseridas. Neste caso, era esperada a presença do Sporting nesta fase, até porque na edição anterior os leões apenas perderam na final.

Desta vez caíram nas meias, perante uma super eficaz equipa russa, que apenas foi superior ao Sporting precisamente na finalização, onde a equipa leonina esteve desastrada principalmente no 1º período. Fica a boa imagem pela recuperação feita no 3º período depois de ter estado a perder por 2-7.

UEFA: Notícia preocupante para o Sporting


A UEFA prepara-se para dizer não aos jogadores cujos passes pertencem a Fundos de Investimento, segundo avançam alguns órgãos de comunicação social. E isto pode ser preocupante para o nosso Sporting, mas não só. Muitos outros poderão enfrentar nos próximos tempos, um verdadeiro período de austeridade.
Daí, a importância que tenho vindo a debater, acerca da aposta nos valores da nossa Academia, e deixando também de vender desde cedo, percentagens dos seus passes para esses tais "fundos".

Num futuro imediato poderá ser mau, mas daqui a uns anos pode ser bom, se for escolhida uma política de valorização dos ativos do clube, em vez da procura desesperada da obtenção do título de Campeão Nacional, cometendo algumas loucuras que poderão comprometer em definitivo o futuro do clube.

De qualquer forma, qualquer medida a ser implantada, só terá efeitos a partir de 2014.

Central Jeffrey Bruma era muito bom...


Tem 20 anos, 1,86m, é central e internacional pela selecção A holandesa. A imprensa inglesa avança com a possibilidade deste jogador rumar a Alvalade. 
Seja emprestado, comprado ou mesmo dado, este era sem dúvida um bom elemento para entrar directamente no plantel do Sporting 2012/2013.

Actualmente os donos do seu passe são o Chelsea, mas esteve a jogar no Campeonato alemão pelo Hamburgo a título de empréstimo, sendo um dos mais utilizados, facto de relevar tendo em conta a sua idade e a posição específica que ocupa. Tem margem de progressão enorme e seria o central ideal para jogar ao lado de uma das nossas torres, Xandão ou Onyewu.

Aqui ficam alguns lances deste excelente jogador, no HSV:


O último central holandês que alinhou pelo Sporting chamava-se Stan Valckx, lembram-se?

E lá ao fundo o grande Balakov...



quinta-feira, 17 de maio de 2012

terça-feira, 15 de maio de 2012

Será este o próximo número 10?

Fonte: Lance!Net


É médio ofensivo, internacional pelos escalões jovens do Brasil, pertence ao Fluminense de Abel Braga, e está "tapado" por Deco e outros jogadores mais experientes, o que leva o clube brasileiro a querer emprestar este promissor jogador.

No nosso caso, este jovem iria "tapar" o lugar a Andé Martins (ou não), ou ficar "tapado" por Matias, caso este permaneça no Sporting.

De qualquer forma, aqui fica um vídeo de mais este "rumor":

segunda-feira, 14 de maio de 2012

EURO 2012: 11 dos 23 representaram os leões


Onze jogadores dos 23 eleitos por Paulo Bento, vestiram de verde e branco, e apenas 2 deles não têm origem nas camadas jovens dos leões. Se dúvidas havia acerca da importância das apostas sucessivas deste enorme clube, nos jovens da casa, para a selecção nacional, esta convocatória retira todas as dúvidas.

O próprio seleccionador nacional, lançou-se através do nosso clube, vencendo um título nacional de juniores, e posteriormente 2 Taças de Portugal e 2 Super-taças, onde apostou corajosamente nos jovens da casa, em detrimento de ir à procura no estrangeiro de jovens de valor idêntico ou mesmo inferior, como outros. Paulo Bento tem grande responsabilidade na afirmação de alguns destes jogadores no topo do futebol profissional.
A estes 11, poderíamos ainda acrescentar o guardião Beto (também ele formado em Alvalade),e até mesmo Pepe, que esteve à experiência em Alcochete, mas Peseiro não lhe viu qualidades para o contratar... Independentemente disso, irei apoiar esta selecção, como apoiei outras, onde não figuravam tantos jogadores com referencias ao Sporting Clube de Portugal.

Os 23 felizardos:

Guarda-redes: Rui Patrício, Eduardo e Beto.

Defesas: João Pereira, Fábio Coentrão, Pepe, Bruno Alves, Rolando, Ricardo Costa e Miguel Lopes.

Médios: Raul Meireles, João Moutinho, Miguel Veloso, Carlos Martins, Ruben Micael e Custódio,

Avançados: Ronaldo, Nani, Quaresma, Hugo Almeida, Postiga, Nélson Oliveira e Varela.



domingo, 13 de maio de 2012

Diego Angel Capel - Wallpaper

Wallpaper Resolução 1680x1050 - Enjoy!

Deixo-vos aqui mais um Wallpaper, agora daquele que é já um dos maiores ídolos do Sporting. Desfrutem, partilhem e dêem a vossa opinião.

Wolfswinkel entra directo para o Top5

Menos 5 jogos que o 1º, e menos 6 que o 2º. Penalties é mais com o incrível...

Parabéns Ricky, pela excelente temporada realizada

Iceman apontou 25 golos ao todo


Muita festa e "Tricky" van Wolfswinkel


Jogaram de Início: Patrício, J.Pereira, Insúa, Xandão e Carriço, Elias, Schaars e Matias, Carrillo, Jeffren e Wolfswinkel.

Entraram: Capel, Evaldo e o guardião Tiago para as despedidas...

Este jogo só vem provar que estas equipas ficaram com posições invertidas na tabela classificativa. Apesar do valor do Braga e daquele período brilhante de 13 vitórias consecutivas, a meu ver, este Sporting merecia mais, pois ficou a perfeita sensação que esta classificação final é mentirosa, e não apenas no que diz respeito ao 3º e 4º lugares. Olhando para frieza dos números finais, esta vitória não chegaria para a Champions, mesmo vencendo no Dragão, pois em igualdade pontual, o Braga teria ficada na frente.

A meu ver, e esquecendo as responsabilidades alheias e olhando para dentro, foi na eficácia, e principalmente nos jogos fora, que o Sporting que o Sporting mais pecou. Apenas 47 golos marcados, sendo que 32 foram em Alvalade, e fora com 15 marcados e 17 sofridos, deu mesmo saldo negativo nos jogos em terreno alheio. Para que o Sporting no futuro posso realmente lutar pelo 1º lugar, terá que aumentar os índices de produtividade nos jogas fora de casa, e para isso precisa de mais um bom avançado.

Quanto à defesa que toda a gente criticou, e que tantas mudança sofreu, foi a 2ª menos batida deste campeonato.

Ricky van Wolfswinkel (O homem do jogo)

Ao fazer um hattrick, o holandês termina o campeonato com chave de ouro, tendo feito um época surpreendente tendo em conta que se trata de um jovem jogador, batendo inclusive a marca de Liedson na sua primeira temporada. Para além disso, com estes 3 golos, ultrapassou João Tomás e James na tabela dos goleadores, ficando a apenas 2 golos de Hulk (será que é assim tão incrível?).
Os críticos afirmam que Ricky só marca muito de penalty, mas Hulk (com 7) marcou mais golos de grande penalidade que o holandês (marcou 5), e Cardozo também apontou 5 golos daquela marca (fora os que falhou). Wolfswinkel marcou sim mais alguns de penalty, mas em outras competições, mas ao todo facturou 25 golos, uma belíssima marca para época de estreia (Postiga precisou de 3 épocas para tal feito).

A um ponta-de-lança não se pede que ande ali com rodriguinhos e festinhas à bola, até porque o holandês não é dotado de grandes atributos técnicos, mas é acima de tudo, inteligente, oportunista e movimenta-se como poucos na frente de ataque.

Em conclusão, o Sporting não conseguiu os seus objectivos nesta Liga, por erros próprios e alheios, mas ganhou sobretudo: uma equipa, um treinador e o respeito dos adeptos.


sábado, 12 de maio de 2012

Juniores: Campeões Novamente!


Imagens do 1º golo: (Edgar Ié)





CAMPEÕES HALLE!!!

Título mais do merecido, para a melhor equipa e um dos melhores grupos dos últimos anos, com jogadores que podem atingir o topo.

"El Gato" Silva muito perto do Sporting



É o jornal "A Bola" quem  garante, baseando-se no que diz a imprensa Chilena. Os representantes do jogador, estarão já em Lisboa e tratar da transferência para o Sporting.

Trata-se de um médio defensivo, internacional chileno e muitas vezes comparado a Gattuso do Milan, pela forma como está dentro de campo, virá para uma posição de que o Sporting esteve órfão grande parte da época, devido à lesão de Rinaudo e por não haver alternativa credível, pois havia demasiados "nº8" no plantel e apenas um "nº6", até porque Renato Neto não mostrou estar à altura do lugar.

Futebol de Praia: Leões vencem o Corinthians

Madjer, Belchior, Alan e DDI marcaram os golos

Sporting entrou com o pé direito no mundialito de clubes de futebol de praia, vencendo uma das equipas da casa, o Corinthians. Grande jogo da equipa leonina, a mostrar que está ali para se bater pelo troféu, que o ano passado lhe escapou por muito pouco.

Yohan Tavares pode estar a caminho...


Segundo o Jornal "O Jogo", o Sporting poderá estar interessado neste jogador, que tem sido pedra chave na equipa do Beira-mar. É um jogador jovem, natural de França mas com dupla nacionalidade, 1,88 e 24 anos de idade. Actualmente encontra-se lesionado, com uma paragem de cerca de 6 semanas, com entorse no joelho. Não joga mais até ao final da época.

Tem contrato até 2015, e uma clausula de 2 Milhões.

Pelo que conheço do jogador, encaixa no perfil pretendido pelo Sporting, pois é um jogador que sabe muito bem sair a jogar a partir da defesa, é rápido, e fez boas exibições nos jogos contra os grandes.

A ver vamos...

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Questões salariais abortaram transferência


Parece que foram questões salariais que estiveram na origem da desistência por parte do Sporting, na aquisição deste jogador. É o eterno problema das contratações em fim de contrato, que por vezes no final acabam por sair muito caras, e estão longe de ser a custo zero.

A serem estas a razões, avançadas pelo Presidente do Gil Vicente à Agência Lusa, eu acho muito bem, pois apesar de ser um jovem promissor, o Sporting tem nos seus quadros soluções idênticas e que sairão muito mais em conta. Chega de esbanjar dinheiro em jovens promessas vindas de fora do clube, sem saber se alguma vez o clube terá retorno, e para alem disso ficamos com os quadros cheios de jogadores que não têm valor suficiente para vingar no Sporting, e acabam eternamente emprestados.

Labyad já assinou por 5 épocas


Parece já não haver dúvidas que o internacional marroquino, e ex-jogador do PSV, irá vestir de verde e branco na próxima época. O facto de estar já em Lisboa a tratar da sua futura residência, e outros assuntos pessoais, bem como o de se disponibilizar a tirar fotos com adeptos leoninos, confirmam a transferência, apesar de ainda não ter sido oficializada.

De qualquer forma, como todos nós sabemos, nestas coisas tudo é possível, e só quando o vir a subir ao relvado vestido a rigor para a sua estreia pelo Sporting é que acredito.

O Jornal "O Jogo" adianta mesmo que o jogador já assinou por 5 temporadas, e até já tem residência.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Os onze mais valiosos em 2011/2012

Estes são para mim os onze mais regulares da temporada

Pode-se questionar a inclusão ali de Onyewu ou Polga, outros prefeririam Xandão, mas eu tive em consideração o número de jogos disputados em todas as competições, e aí Polga leva vantagem sobre todos os centrais (apesar dos 33 anos), já Onyewu foi decisivo em pelo menos 9 pontos conquistados pelo SCP, com os golos que apontou.

Poderíamos também colocar Izmailov, mas o que é certo é que em momentos decisivos, mais uma vez não podemos contar com o russo, devido a mais uma lesão, ou mais uma indisponibilidade física...
Escolhi Carrillo, não só por ter sido o suplente mais utilizado, embora tenha feito bastantes partidas a titular, mas também por ter sido importante em determinados momentos, apontando golos também eles decisivos, e por ter durado a temporada toda sem lesões, apesar das inúmeras entradas duras de que foi alvo, e por representar uma das melhores aquisições, se não a melhor (tendo em conta o preço/idade/qualidade), para esta temporada que agora termina.

Não havendo grande discussão acerca da maioria dos restantes, ainda há quem não goste muito de Elias, e eu não compreendo porquê. É um jogador decisivo na forma como trabalha ao longo dos 90 minutos, jogando sempre com grande intensidade e não sendo propriamente um sobre-dotado tecnicamente, é uma autêntica "formiguinha" no meio-campo, passando muitas vezes despercebido, mas a sua falta fez-se sentir em determinados momentos na Liga Europa, ausência essa disfarçada pelo bom período de Izmailov, e pela adaptação bem sucedida de Carriço, e principalmente na 2ª mão das meias-finais com o Bilbao, Elias fez muita falta.

Patrício, João Pereira, Insúa, Schaars, Matias (embora mais uma vez com muitos problemas físicos), Capel e Wolfswinkel, penso terem sido os homens com nota mais elevada ao longo de toda a temporada, e que deveriam continuar, assim o mercado o permita.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Wilson Eduardo de Regresso?


Fico contente se for dada uma oportunidade a este jogador de ficar no plantel 2012-2013 do Sporting. Sou da opinião que é preferível apostar nestes jovens leões, que vão mostrando qualidades ao serviço dos clubes onde estão emprestados, do que ir buscar jovens jogadores ao estrangeiro, de qualidade duvidosa, e poderia dar aqui inúmeros exemplos como: Arias, Turan ou mesmo Ribas (que também é um jovem com apenas 23 anos), quando tenho a certeza que temos nos nossos quadros jogadores de qualidade idêntica ou superior.

Existe um péssimo hábito nos clubes portugueses, que acham que o que é estrangeiro é que é bom. O jogador tem um rótulo sul americano ou de outro país Europeu, e tem logo oportunidade de jogar num dos maiores clubes portugueses, e os jovens que cresceram desde os 10 anos na Academia são postos de lado, alguns fartos de ser, ano após ano emprestados, acabam por rescindir e depois "explodir" em outras paragens.

É certo que nem todos terão qualidade para ficar no Sporting, mas ao menos deve ser-lhes dada uma oportunidade, antes de ir a correr buscar um jovem ao estrangeiro, só porque sim...

Dou como exemplo o Cédric Soares (internacional sub21 português), que foi preterido em prol de um jovem colombiano (Arias), também ele internacional, sendo que Cédric já teria muito maior experiência no futebol português, e tendo já feito uma época no plantel principal do Sporting, e na minha opinião um substituto à altura de João Pereira, e quiçá o futuro lateral da selecção A. O futuro o dirá...

Deixo aqui um vídeo que mostra alguns dos melhores lances de Wilson esta temporada:



segunda-feira, 7 de maio de 2012

Não precisamos de gastar Milhões!

A quantidade e qualidade dos jogadores que o Sporting tem emprestados por esse Portugal e Europa fora, são mais do que suficientes para compensar as eventuais lacunas com as saídas de alguns jogadores.

O onze mais utilizado do Sporting 2011/2012, é um onze com qualidade mais do que suficiente para lutar pelos títulos nas competições da próxima temporada, assim nos respeitem, como respeitam os nossos principais rivais.

A contratação de um central de qualidade e com experiência, para colmatar a provável saída de Polga, bem como a de um avançado de categoria, titular indiscutível, para jogar com Wolfswinkel, ou no lugar dele, serão talvez os maiores gastos para o Sporting.

Apenas no caso de saírem jogadores chave, como Izmailov, Matias, Elias ou Schaars, deverá fazer com que os leões avancem para a contratação de um médio mais dispendioso. Mas a saída de um destes, também poderá significar um bom encaixe financeiro. Lembro que já contratámos Labyad, que poderá colmatar a saída de Izmailov, por exemplo, pois tem características idênticas.

Jogadores como Adrien, Cédric Soares, Nuno Reis, Baldé ou Salomão, que fizeram muitos jogos e com boas exibições nos clubes onde se encontram emprestados, poderão facilmente colmatar algumas saídas, como as de André Santos, Arias, Neto, Ribas ou mesmo Jeffren (tenho dúvidas que se mantenha no plantel).

A sair Tiago, Golas será sempre uma boa aposta, assim esteja disposto a ficar no clube, mesmo sabendo que terá poucas hipóteses de jogar. A saída de Patrício pode estar eminente, Marcelo seria uma alternativa credível, mas não sei se tem categoria suficiente para titular do Sporting.

Se a equipa B do Sporting for mesmo para a frente, então as coisas ainda estão mais facilitadas, não havendo necessidade de ter um plantel tão vasto, e com os jogadores menos utilizados, a poderem rodar numa liga competitiva como é a Orangina. A colocação de alguns dos jogadores que saírem do actual excelente plantel de Juniores nesta equipa B seria essencial, podendo Sá Pinto a qualquer momento lançar um deles na Liga principal. Uma boa exibição dum destes jovens, num jogo de Liga Europa, poderá fazer disparar o valor do seu passe.

Já era altura do Sporting valorizar os activos que tem, deixando de andar a comprar no estrangeiro, jovens de valor igual ou inferior aos que já temos (Arias e Turan, por exemplo) encostando os jovens valores portugueses, que por vezes tendo melhor qualidade, acabam por desaparecer por falta de motivação, ou por nunca terem tido a oportunidade de jogar ao mais alto nível.


Ontem fomos brindados com 2 novos jogadores

Cristiano Piccini (Ex-Bétis) Piccini  é o Lateral direito, moderno, que gosta de subir pela sua faixa apoiando o ataque, e qu...