quinta-feira, 29 de março de 2012

Sporting 2-1 Metalist | Está tudo em aberto!




O Sporting continua a vencer nesta Competição que como todos sabemos é uma autêntica montra de jogadores e apesar de não proporcionar as receitas milionárias da Champions, pode indirectamente permitir aos clubes que atingem esta fase mais adiantada da prova, encaixar futuramente muitos milhões com a venda de um ou dois jogadores. Qualquer que seja o resultado da 2ª mão, já ninguém apaga o brilhantismo com que o Sporting esteve nesta Liga Europa.
Desta vez vencemos em casa um adversário muito complicado, que ainda esta temporada não tinha perdido fora de casa nesta Competição. E não fora aquele fatídico penalty nos últimos minutos de jogo e teria sido um vitória robusta, num jogo quase perfeito do Sporting. Mais uma vez a inexperiência do nosso "banco", com a entrada de Carrillo e Neto, e as saídas de Izmailov e Matias muito desgastados, foi notória a queda e encolhimento da equipa, que permitiu aqueles últimos minutos de sufoco que resultaram na falta de Patrício que já tinha safado a equipa instantes antes.

A vitória é justa e indiscutível, mas só um Sporting sólido na defesa e destemido nas transições, poderá permitir passar esta eliminatória, que está longe de estar decidida.

terça-feira, 27 de março de 2012

Sporting 1-0 Feirense | Rescaldo

Capel converteu uma grande penalidade indiscutível
Ficou provado mais uma vez que com uma arbitragem isenta, e sem mácula como esta, apesar do Sporting ter vencido com um golo de penalty, é possível o nosso clube ganhar mesmo jogando menos bem, e quanto baste, como sucedeu neste jogo, principalmente na 2ª parte. No final, ninguém falou de arbitragem.

Convenhamos que não será fácil motivar estes jogadores para esta competição, que como já disse anteriormente está ferida de credibilidade e irremediavelmente perdida para o Sporting em termos de objectivos principais. Só o facto de irmos defrontar os 3 principais candidatos nas últimas jornadas poderá dar algum incentivo para que a nossa equipa jogue nos limites nesta competição.

Este jogo com o Feirense apenas teve 30 minutos de bom futebol do Sporting, e ainda assim a um ritmo não muito elevado, e onde se notaram claramente as ausências de Schaars e Matias. Renato Neto é um jogador de processos lentos, embora tenha feito uma partida aceitável. Foi também dos jogos em que a nossa defesa menos trabalho teve, com Patrício com uma noite perfeitamente tranquila.

Elias e João Pereira foram aqueles que a meu ver, mantiveram as "rotações" sempre elevadas ao longo de toda a partida. Elias não joga bonito, e os adeptos do Sporting têm que perceber isso, é essencialmente um jogador de grande disponibilidade e trabalho, que faz falta a qualquer equipa. Já tenho visto por aí criticas inaceitáveis de sportinguistas a este jogador, pessoas que provavelmente são adeptas do "Joga Bonito" mas que de futebol pouco percebem. Depois um dia não se admirem de o ver jogar num dos clubes que nós sabemos, mas aí já será tarde para se lamentarem. Lembram-se de Custódio? Não prestava, mas foi um elemento fundamental no Sporting de Peseiro que atingiu a final da Uefa e hoje corre o risco de ser campeão e com certeza estará presente na Champions 12/13, ao serviço do Sp. Braga. E é apenas um exemplo de muitos outros, que para o Sporting não serviam, mas que hoje brilham a grande altura com outros emblemas.

Uma equipa faz-se de grandes artistas, mas também de profissionais exemplares, que dão tudo o que têm em campo, e esses são aqueles que muitas vezes são injustiçados por não terem os requisitos técnicos de outros, mas que trabalham a dobrar e por isso deveriam merecer o respeito de todos.

Nesta partida, escolheria para MVP, João Pereira, pois foi aquele que conseguiu através das suas investidas pelo lado direito, criar desequilíbrios ao longo de toda a partida, mostrando sempre algum inconformismo com a apatia de alguns companheiros de equipa.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Raúl Ruidiaz é mesmo craque! Seria bom...


Raúl Ruidíaz é um jogador peruano que actualmente joga no Universidad do Chile. É um jogador rápido, com muita técnica, raçudo (ao jeito de Sá Pinto) e poderia encaixar muito bem no Plantel leonino da próxima época, dependendo dos pressupostos do negócio. Sendo um jogador a fazer os 22 anos, poderia mesmo ingressar já no plantel principal e não numa hipotética equipa B, pois duvido que um jogador com esta idade queira vir para um clube como o Sporting para jogar num escalão inferior, pela equipa B.

A sua amizade com André Carrillo poderia facilitar o negócio. Para já é só uma notícia avançada pelo Jornal "A Bola".

Fica aqui um vídeo do jogador:




Para aqueles que acreditam no Pai Natal

E assim uns vão perdendo títulos e outros amealhando...


Mas há mais...


...contra factos não há argumentos!

PREOCUPEM-SE EM ATACAR QUEM DEVE SER ATACADO!

Existem erros próprios sim senhor, mas as coisas seriam bem diferentes se estas coisas não se tivessem passado. Não sei como é possível ainda ver sportinguistas elogiar pessoas tão asquerosas como estas, que colocaram o seu clube no topo ás custas dos prejuízos dos outros.

A MIM NÃO ME ENGANAM MAIS! SPORTING PARA SEMPRE!

Quem Não Deve, Não Teme!

Heis então como "alguns" árbitros evitam as perdas na classificação, quando fazem arbitragens no mínimo "duvidosas" e são penalizados:



"A melhor forma que os árbitros encontraram para contestar esta decisão foi a de no teste de corrida permitirem que os árbitros castigados tivessem pontuação máxima, cumprindo 15 das 10 voltas exigidas enquanto o pelotão corria apenas 14. A partir da 10.ª volta, cada percurso de 400 metros tem um bónus e foi desta forma que puderam recuperar os pontos perdidos aquando da penalização sofrida." CARLOS FREITAS




Por isso existe um "grupinho" de árbitros, muito unido, que esta época não tem feito outra coisa se não empurrar o Sporting, e se calhar outros clubes, ainda mais para baixo.

Uma coisa é o erro pelo erro, pois todos têm o direito de errar, outra coisa é o erro sistemático contra os mesmos clubes, sempre pelos mesmos protagonistas. Eu previ o que se iria passar no jogo Barcelos, quando soube da troca à última da hora de Jorge Sousa por Bruno Paixão, e não sou nenhum vidente. ERA ÓBVIO!

Dados pessoais de alguns árbitros divulgados na Internet

O "Senhor" dos árbitros veio hoje a terreno mostrar preocupação por este facto, dizendo que "...os árbitros são cidadãos e que têm o direito de manter a sua vida pessoal protegida."

Pois há aqui uma frase muito popular que assenta aqui que nem uma luva:

QUEM NÃO DEVE, NÃO TEME!

segunda-feira, 19 de março de 2012

E como prenda, deram-me PAIXÃO!


Foi tão triste, que nem merece grandes comentários.

Sporting começou mal, melhorou bastante e depois Paixão acabou com o jogo...

No dia do meu 40º aniversário, vou para a cama revoltado e conformado.

Gil Vicente vs Sporting | Vitória precisa-se!


Sá Pinto deverá apostar sensivelmente no mesmo sistema dos últimos jogos, com Elias e João Pereira a entrar no onze e as saídas de Carriço e Pereirinha (lesionado e após atitude heróica em Manchester).

No dia do meu 40º aniversário, uma vitória seria a melhor prenda que me poderia dar o Leão.

sexta-feira, 16 de março de 2012

Metalist Kharkiv é o próximo adversário


O facto de termos eliminado um clube milionário recheado de estrelas como o Man City, não faz do Sporting já a melhor equipa do Mundo, ou mesmo a melhor equipa nesta Liga Europa, ainda há um longo caminho a percorrer e muito que trabalhar. Para além de que cada jogo de futebol, pode trazer uma caixinha de surpresas e ninguém nos garante que agora passamos facilmente este adversário que tem nos seus quadros alguns perigosos jogadores Sul Americanos. Mas apesar de tudo, não nos podemos queixar do sorteio, pois evitámos as equipas espanholas, que para o Sporting são sempre de evitar, pois costumam deixar-nos pelo caminho.

Fica aqui um resumo do jogo: Metalist vs AZ Alkmaar


Lembram-se deste rapaz? Pois é, está emprestado ao Metalist
Se seguirmos a mesma linha que tem vindo a ser seguida até aqui nesta Competição, temos todas as condições para chegar às meias. Eficácia e concentração do primeiro ao último minuto, é a receita.

quinta-feira, 15 de março de 2012

Primeira parte memorável, valeu passagem!


Mas que jogo!

Uma primeira parte fantástica e memorável do Sporting, dominando por completo a equipa do City, que parecia estar completamente adormecida e a não acreditar no que estava a ver, pois o Sporting não se limitou a remeter à defesa, e pressionou até bastante a equipa da casa, tendo as melhores oportunidades de golo, das quais concretizou duas em dois lances de génio, um de Matias na marcação superior de um livre directo e depois de Izmailov com aquele passe soberbo para Wolfswinkel facturar o segundo.

Dois tiros nas aspirações do Man City, que reagiu e de que maneira da 2ª parte, onde aí a qualidade do seu banco fez toda a diferença, em comparação com o banco dos leões, que fora obrigado a lançar dois jovens jogadores, sem experiência nestas andanças (Carrillo e Neto), que não entraram muito bem no jogo, para além de ser numa altura em que o City já jogava um futebol directo, na procura do golo.

A grande penalidade (um pouco duvidoso o local da falta) provocada por Neto, lançou o City no jogo e as coisas estiverem extremamente complicadas, com o Aguero a fazer o 3-2 e cantos sucessivos até ao final da partida, e só um coração tremendo dos jogadores do Sporting valeu o apuramento, que merecem por tudo o que passaram já esta temporada e também pelos excelentes dois jogos desta eliminatória, fazendo calar muito fala barato por aí.





terça-feira, 13 de março de 2012

Mas que palhaçada é esta?


Foi aprovado o alargamento da Liga para 18 clubes, sendo que os 2 clubes que descerem serão repescados?

Foi a estas personagens que foi entregue os destinos da Liga?

Como se pode aprovar uma coisa destas a meio de uma competição?

Como se podem alterar as regras de uma competição que ainda não terminou?

Resposta: Estamos em PORTUGAL!

Se eu já estava plenamente convencido que as Competições nacionais estavam feridas de credibilidade, com esta tirei "a prova dos 9". INACREDITÁVEL!

Com um presidente da FPF que esteve também ele envolvido nas escutas do apito dourado, dirigente com claras ligações ao clube azul do Norte e com estes incompetentes que assumiram os destinos da Liga, que permitem que uma lei absurda destas seja aprovada numa altura destas, cedendo sabe-se a que tipo de "pressões", amigos sportinguistas preparem-se para mais uma série de anos de "seca" do nosso grandioso e honesto clube.

E mais não digo...

domingo, 11 de março de 2012

Já tinha saudades de uma goleada!

Golos: Wolfswinkel, Matias, Izmailov e Jeffren 2
Foi o jogo mais tranquilo que vi do Sporting este ano, não só pela goleada, mas pela forma como a equipa controlou o jogo durante os 90 minutos. De facto as vitórias transformam as equipas, e aquela sobre o City na 5ª feira, encheu claramente o ego aos nosso jogadores que hoje transpiraram confiança. Isto só vem provar que no futebol a lógica não existe, existem resultados e é tudo maravilhoso, ou não existem e entra tudo em depressão, criticando tudo e todos, e procurando-se encontrar explicações onde elas não existem.

Isto é futebol, isto é o Sporting!

Destaque para o regresso aos golos do nº9 do Sporting, fez mais um excelente jogo, mesmo sem marcar tem jogado sempre bem, temos que ter em conta a sua idade, e se aperfeiçoar o seu jogo aéreo e agressividade dentro da área, poderá tornar-se num grande ponta-de-lança. Nota positiva novamente para a dupla de centrais do Sporting, com maior destaque para Xandão que foi mandão e o patrão daquele sector. Em bom plano também esteve Elias, e não percebo como alguns adeptos do Sporting podem criticar este jogador, que é um mouro de trabalho dentro de campo, sempre em alta rotação, agora não lhe peçam para ser ele a construir jogo, pois não é esse o seu papel. Capel mais uma vez deixou a pele no campo.

Grande destaque para o regresso supersónico de JEFFREN. Entrou, recebeu a bola de peito, e goooolo. Melhor seria impossível, e como se não bastasse recolheu com classe uma bola na ala esquerda, partiu destemido para cima do defesa, bailou, simulou e disparou para o seu 2º golo. Já leva 3 golos, o que para alguém que tão poucos minutos tem esta temporada é uma marca notável. Como teria sido se não fossem as lesões sucessivas?!

Este foi o onze inicial





quinta-feira, 8 de março de 2012

Mas que grande resposta aos críticos!

Xandão marcou de calcanhar o golo da vitória
A receita para bater o City
São estes momentos que fazem um sportinguista doente como eu, acreditar sempre que é possível vencer. E hoje os nossos jogadores também acreditaram, e de tal forma que hoje fizeram a melhor exibição da época ganhando desde já crédito para o resto da época que se avizinha.

Aqueles que julgavam e torciam (alguns infelizmente, mesmo "ditos" sportinguistas"), para que o SCP hoje fosse humilhado por este COLOSSO do Futebol Europeu actual, talvez a 3ª melhor equipa desta temporada,  em todo o planeta, engoliram um grandíssimo SAPO.

E não venceu apenas porque teve sorte, porque a teve em algumas ocasiões, mas também porque em muitos momentos do jogo, e principalmente na primeira parte, e no início da 2ª, foi a equipa mais perigosa, criando muitos problemas defensivos ao adversário, com este a cometer sucessivas faltas e a ser poupado aos cartões. Aliás, deu sempre a sensação do campo estar claramente inclinado neste particular, valeu que no aspecto técnico, o árbitro teve o mesmo critério nos lances mais duvidosos dentro das áreas.

Em conclusão, o Sporting equilibrou um jogo que à partida parecia tremendamente desequilibrado, fruto de um jogo inteligente, respeitando o adversário, dando-lhe a iniciativa de jogo, e dando uma lição de humildade aos nossos "amigos" do Norte. Mancini percebeu hoje que realmente não há diferenças entre o Porto e o Sporting, pelo menos no que ao futebol jogado diz respeito. Tem sim um plantel mais apetrechado que os leões, e uma boa "almofada" fora das quatro linhas.

O homem do jogo: XANDÃO
É inevitável que o brasileiro seja considerado o homem do jogo, não só pelo golo decisivo que marcou, mas pela forma como jogou, anulando por completo Dzeko e ainda dobrando de forma felina os seus companheiros de equipa, sendo preponderante no jogo aéreo, nos muito livres sofridos pelo Sporting na parte final do jogo. Se haviam dúvidas acerca do seu valor, hoje Xandão deu a resposta.

ESTE JOGO PODE NÃO VALER POR UMA ÉPOCA, MAS É UMA GRANDE LUFADA DE AR FRESCO NO MEU SPORTING!

Tenho um bom pressentimento...

segunda-feira, 5 de março de 2012

Rugby? - Visita a Setúbal deu Gralha!


É um facto que o Sporting não jogou bem, mas também seria quase impossível jogar melhor, quando se joga 90 minutos em meio-campo apenas, povoado com 20 jogadores, num mau relvado, e com sucessivas faltas, algumas a roçar a brutalidade e dignas das placagens do Rugby, como foi a falta sobre Capel já quase no final da partida. Com uma arbitragens normal, e cumpridora das leis de jogo, a equipa da casa teria terminada o jogo, no mínimo com 9 elementos.

Recentemente o actual líder do campeonato, venceu no mesmo campo, de uma forma muito sofrida, também não criando grandes oportunidades, e apenas construiu o seu resultado a partir da expulsão de um homem do Setúbal, que até nem fez nada comparado com o que fez o defesa direito sadino a Capel, e por duas ocasiões. Mas alguns sportinguistas preferem continuar a atacar o próprio clube, não querendo ver o óbvio, já não basta a quantidade gente de todas as áreas a fazê-lo. Só tornam mais fortes os adversários!

Este foi o Onze inicial

Se há alguma coisa a apontar à equipa leonina, foi a falta de agressividade ofensiva, e atitude pressionante que deveria ter existido logo na primeira parte. Não fizeram um bom jogo, mas fizeram mais do que o suficiente para sair de Setúbal com os 3 pontos. Apenas faltou eficácia e alguma falta de sorte também, pois sem ela, num jogo com estas características, não é possível vencer. Ribas também mostrou não ser ainda o ponta-de-lança que o Sporting precisa. A quantidade de cruzamentos efectuados pelos seus companheiros, mereciam ter tido outro tipo de finalização. 

Há muita gente que fala por aí, sem perceber um pingo de futebol, nem nunca ter estado e/ou sentido o que é um balneário. Sem saber o que é jogar frente uma equipa que passa o jogo todo a destruir jogo e a dar pontapé para a frente a ver se lhe sai a lotaria. Treinadores como José Mota, não fazem falta nenhuma ao futebol português, pois as suas equipas não sabem fazer outra coisa que não isto, destruir e usar e abusar da violência física. Se tiver na frente um ou dois homens rápidos e eficazes, então vai conseguindo levar a água ao seu moinho. O Sporting fez na 2ª parte tudo o que uma equipa deve fazer para contrariar este tipo de jogo, o problema continua a estar na eficácia nos últimos metros, e principalmente no nº de jogadores que coloca dentro de área.

Cada vez é mais visível que o Sporting não tem plantel para jogar em 4-3-3, pois não tem um avançado centro, capaz de se impor sozinho na área adversária. Com a recuperação de Izmailov, e a boa forma de Matias, é imperioso haver um plano B, ou seja mudar para um 4-4-2 ou um 4-2-3-1 (que bons resultados deu com Couceiro no final da época passada).

Eu jogaria assim já com o City:


Espero que Ricardo Sá Pinto me faça a vontade :)

PES 2018 | Kits do Sporting CP 2017-2018

Como não encontrei em mais lado nenhum resolvi fazer os kits do Sporting e partilhar convosco. Não estão perfeitos, mas para já desenrascam....