domingo, 26 de fevereiro de 2012

Sporting 1-0 Rio Ave | Interessa é ganhar!


Este foi onze inicial:

Foi uma boa primeira parte do Sporting, a jogar com maior dinâmica e velocidade que nos jogos anteriores, também porque o Rio Ave não se remeteu apenas à defesa, como o Paços de Ferreira, jogando um futebol mais positivo, o que valorizou o espectáculo. Continua no entanto a faltar maior esclarecimento nos últimos 30 metros, bem como a colocação de mais homens na área, em situações de golo eminente. Mas percebo que nesta altura, a equipa queira jogar com maior segurança, correndo menos riscos de se expor ao contra-ataque dos adversários.
A segunda parte foi mais fraca, jogada a um ritmo mais lento, onde o Sporting procurou sobretudo controlar o jogo, embora tenhamos corrido o risco de sofrer um golo na parte final e empatar o jogo. Não aconteceu, e ainda bem, pois assim vamos somando pontos, e ficamos À espera de um deslize do Braga frente ao Vitória, onde um empate serviria os nossos interesses, se bem que uma derrota do Braga, seria  também um bom resultado, deixando os leões a 5 pontos do 3º lugar.

Individualmente, gostei da exibição de Xandão, que formou uma dupla consistente com Polga que neste jogo esteve impecável. Carriço também esteve em grande no posição de trinco, e penso ser a melhor solução na falta de Rinaudo, pois dá maior agressividade e consistência naquela zona fulcral do terreno, do que André Santos que apenas pode ser alternativa a Schaars ou Elias. Renato Neto ainda não me convenceu.

Marcelo Boeck foi um substituto à altura de Patrício, e mostrou-se sempre bastante seguro entre os postes. Mas o destaque maior, tem que ir para Marat Izmailov, que parece estar a voltar à sua melhor forma, e foi hoje neste jogo, claramente, o homem do jogo, não só pelo grande golo que marcou, mas por aquilo que jogou e fez jogar.

O CZAR ESTÁ DE VOLTA!

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Matias Fernandez estará de saída?


O Atlético Mineiro do Brasil, poderá estar interessado na aquisição imediata do jogador.

A notícia foi posta a circular pelo Jornal Record, que pelos vistos está mais bem informado que a própria imprensa brasileira, que dá como fonte da notícia o jornal português.

Cá para mim é mais uma notícia para criar alguma confusão, até porque o Sporting joga amanhã e o Chileno é um dos jogadores em melhor forma no Sporting. É a imprensa que temos...

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Promo: Sporting vs Rio Ave (HD)

Portugal: Convocados "Made in Sporting"


Convocados de Paulo Bento para o play-off com a Bósnia:

Guarda-redes: Beto, Eduardo, Rui Patrício;

Defesas: Bruno Alves, Coentrão, João Pereira, Pepe, Nélson, Ricardo Costa e Rolando;

Médios: Carlos Martins, João Moutinho, Manuel Fernandes, Miguel Veloso, Raúl Meireles e Rúben Micael;

Avançados: Cristiano Ronaldo, Hugo Almeida, Hélder Postiga, Nani, Nélson Oliveira, Quaresma e Varela.


Se dúvidas ainda há acerca da importância da aposta do Sporting nos jovens portugueses e da sua Academia, esta convocatória, como outras recentes, espelham bem isso mesmo. Infelizmente no futebol e na vida o que manda são os Milhões, e o nosso clube não tirou grande proveito disso em termos financeiros e de títulos conquistados. Se tivessem sido postas regras rígidas acerca do número de estrangeiros a actuar no futebol português, muitos deles de qualidade duvidosa e que vêm tapar o lugar e/ou colocar no desemprego milhares de jovens por este país fora, o Sporting estaria neste momento noutros patamares a nível nacional.

Pergunto: Para quê então tantas escolas por esse país fora?

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Aí estão os jogos dos Oitavos da Liga Europa

1ª Mão a 8 de Março  -  2ª Mão a 15 de Março

Estamos sozinhos na UEFA. Venha o City!


Estamos entre os 16 melhores desta Liga Europa, e isso já ninguém nos pode tirar. Mas o Sporting de Sá Pinto está a evoluir da forma mais correcta, ou seja, noto que a equipa procura roubar a bola rapidamente ao adversário, e depois controlar o jogo a partir da posse de bola, adormecendo o adversário para depois desferir alguns ataques. E é aí que o Sporting não tem estado bem, quando consegue penetrar nos últimos 30 metros, falha sempre alguma coisa, principalmente maior esclarecimento no passe e nas decisões que são tomadas. Existe também a clara preocupação (medo) de perder a bola e ficar sujeito ás transições do adversário. Quando a equipa ultrapassar esses problemas poderá então explanar todo o seu futebol.

Tenho a certeza que este mesmo jogo arbitrado por juízes nacionais, o Sporting teria tido muito maiores dificuldades em vencer este jogo. Pelo simples facto que seríamos empurrados para a nossa área, com "faltinhas" a meio campo na parte final do jogo, como costuma ser hábito nos jogos para a Liga Portuguesa, já para não falar dos critérios disciplinares. Provavelmente aquela falta sobre João Pereira teria sido penalty em vez de livre fora da área...

Foi um jogo, na minha opinião, excessivamente cauteloso, mas que no final resultou no apuramento, e isso é que é importante, noutras alturas jogámos muito mais, e depois sofremos um golo no final e fomos à vida, como aconteceu na época passada com o Rangers. Gostei sobretudo da entrega de todos os jogadores na disputa de todos os lances, e talvez por isso as pernas reflectiram-se, sinal de que estão a correr muito mais do que estavam habituados.

Duas Taças, uma já estamos na final, outra vamos bem encaminhados, e são já duas competições importantes, onde já não moram "os clubes que jogam um futebol de sonho". Será que é uma época assim tão desastrosa? Com 19 jogadores novos? Com duas equipas técnicas novas? Pensem nisso...


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Sejam inteligentes nos assobios!

Começa a ser um hábito no Estádio Alvalade XXI, onde quando as coisas não estão a sair bem à equipa, a massa adepta presente no Estádio cria um ambiente insuportável e deprimente, com assobios atrás de assobios e insultos aos profissionais do Sporting.que tornam as coisas ainda mais complicadas, ainda para mais tendo em conta a juventude e pouco tempo de clube, que muitos dos jogadores leoninos têm, e acreditem que não é com esse tipo de comportamentos que a equipa vai melhorar a sua exibição, pois só estão a fazer um favor aos adversários que lá se deslocam, pois apercebem-se da intranquilidade dos nossos jogadores.

Porquê que isto só se vê nos grandes jogos?

Ainda menos se percebe, quando neste último jogo com o Paços, era o primeiro jogo da era Sá Pinto em Alvalade e ele merecia outro tipo de estreia. Seriam legítimos esses assobios se os jogadores acusassem falta de empenho, falta de garra, mas isso não se verificou, e as dificuldades da equipa têm muito mais a ver com a falta de alguns jogadores essenciais para furar uma muralha como a que o Paços montou neste jogo, bem como a falta de confiança gritante em alguns jogadores, que só se agrava com os assobios.

Chega a um ponto que já não se percebe a quem são dirigidos tais apupos, se ao treinador (não se justifica), se aos jogadores (temos uma equipa jovem e com 19 novos jogadores, com lesões constantes em jogadores chave), ou aos dirigentes (se é este o caso, não é durante os 90 minutos que o devem fazer, pois não faz sentido nenhum, e sim no final da partida).

Nos outros estádio é criado um "inferno" de apoio ás suas cores e de "pressão" à equipa de arbitragem, no nosso Estádio, é criado o "inferno" aos nossos jogadores, treinador e dirigentes, e neste jogo específico com o Paços o público até deixou este árbitro gozar com o Sporting e sair do estádio ser ter ouvido os devidos assobios e apupos que merecia, pois os "nossos adeptos" (ás vezes tenho dúvidas se são mesmo adeptos do Sporting) preocuparam-se mais a apupar os nossos jogadores.

Questionado sobre isso na "Flash", Sá Pinto disse que os adeptos têm legitimidade para o fazer, mas também já veio hoje dizer que isso só complica mais as coisas, e com toda a razão.

Eu senti na pele, e vivi os 18 anos em que o Sporting não conseguiu ser campeão (1982-2000), com equipas por vezes muito inferiores ás dos últimos anos, e nunca assisti a este lamentável comportamento daquela a que eu chamo uma "Nova Geração de Adeptos", que só apoiam quando a equipa está a jogar bem, ou quando obtém bons resultados (é certo que a equipa também tem que puxar pelos adeptos, mas é muito mais o contrário que tem que acontecer, pois é para isso que eles servem, para apoiar).

Ao contrário de que dizem alguns comentários aos meus artigos, eu não tenho nada contra a juventude leonina, e não me estou a referir à claque, mas sim aos jovens adeptos, que são aqueles que sofrem mais pelo clube, como é normal, pois têm todos os dias que se confrontar com jovens adeptos dos clubes rivais, e é muito complicado para eles lidar com todo este clima de instabilidade que rodeia o nosso Grande Clube, e com as provocações naturais dos seus amigos adeptos dos outros clubes.

A estes só peço que não se deixem levar por aquilo que ouvem e lêem todos os dias nos jornais e na televisão, porque o Sporting não é tratado com o mesmo respeito que os nossos rivais, e a nossa equipa não é tão má, nem joga tão mal como se quer fazer passar, o que acontece é que quando jogamos mal, perdemos ou só contamos mesmo connosco, enquanto que os nossos rivais têm sempre umas benesses. Há décadas que é assim, e assim vai continuar, se nós nos entretermos mais a criticar-nos uns aos outros dentro do Sporting, do que em atacar o SISTEMA ( e ele continua a existir ) instalado no futebol português, não vamos a lado nenhum.

O Sporting partiu para esta temporada em clara desvantagem perante os rivais, e poderíamos e devíamos nesta altura estar a 5 ou 6 pontos apenas do 1º, que seria a distância justa, e a confiança e motivação seria outra, para esta recta final. Estamos a 13, e os sportinguistas esqueceram-se dos 5/6 pontos que nos foram "subtraidos" no início da temporada, esqueceram-se das grandes exibições que se seguiram, esqueceram-se das boas exibições com Porto e Benfica, em jogos que só não vencemos por questões de pormenor, e não por termos jogado menos. Isto conduziu, somado ao injusto atraso de 5 pontos, a um atraso pontual de mais de 10 pontos que mergulhou o Sporting numa onda de desconfiança, apoiada pela nossa "amiga" imprensa nacional, bem como a quantidade de lesões que surgiram em jogadores chave como Schaars, Wolfswinkel e sobretudo Rinaudo. Será que os jogadores desaprenderam de jogar bem? A memória dos adeptos leoninos não pode ser tão curta... Temos que estar unidos! Chega de revoluções!

A UNIÃO FAZ A FORÇA!

domingo, 19 de fevereiro de 2012

O Anti-jogo quase ganhava outra vez


Vou dar de barato este jogo à equipa do Sporting e a Sá Pinto, não só pelo facto de ter havido a mudança na equipa técnica, como também pelo desgaste provocado pelo jogo na Polónia, e penso que aquele joguinho chato e deprimente, daqueles passes para os lados e para trás, foram uma forma dos jogadores do Sporting se defenderem, de possíveis perdas de bola, com transições do adversário, principalmente depois do golo, pois o Paços mesmo depois de estar a perder manteve sempre as suas linhas muito recuadas.

O que não percebo é as constantes desconcentrações de alguns jogadores do Sporting na hora de fazer o passe ou de receber a bola, a alheamento do jogo (Carrillo esteve muitas vezes com a cabeça completamente na lua), Polga teve mais um lance que poderia ter sido fatal, e que não se admite num jogador com a sua experiência, valeu mais uma vez Patrício, a nas melhores jogadas em que se conseguia furar a primeira muralha, havia sempre um tropeção, uma má recepção, ou um passe disparatado,  e nesses momentos até compreendo os assobios dos adeptos.

Não compreendo é os assobios nos últimos minutos de jogo, quando o que se pretendia é que aquilo acabasse rapidamente, quando os jogadores do Sporting estavam e bem a tentar manter a posse de bola, mesmo que em zonas perigosas, mas que é a forma mais correcta, em vez de dar um chutão para a frente dando a bola ao adversário, Penso que existe pouca cultura futebolística nos adeptos portugueses em geral e uma atitude que não me parece ser a mais correcta, pois perante tanta intranquilidade de alguns jogadores, esse ambiente que se cria é insuportável, era preferível ficarem em silêncio, como se vê em muitos outros estádios por essa Europa fora, com clubes que também passam por uma crise de bom futebol. Outra coisa que já não suporto ouvir, é o elemento da claque com aquele "gramofone", devem haver outras formas de puxar pela claque...

Outro pormenor é o facto de o público presente em Alvalade não fazer o mesmo "inferno" que os adeptos adversários fazem aos árbitros, com ou sem razão, tirando claro partido disso em muitos lances. Nós continuamos a ser muito pacíficos e tolerantes com as provocações que estes senhores nos fazem em Alvalade. É demasiado confortável para os árbitros prejudicarem o nosso clube em nossa casa. Eu que vi muitos jogos no antigo estádio, não me revejo nesta nova forma de estar.

Há uma falta "bárbara" sobre Wolfswinkel (que sofreu muitas faltas sempre que o Sporting tentou jogar para ele de forma directa), que deixou o holandês a sangrar do nariz, pois levou uma cotovelada, num lance que incrivelmente passou despercebido a toda a gente, até mesmo ao realizador da Sporttv, mas que foi claramente visível no momento (espero ainda ver uma repetição), e que os adeptos nem se manifestaram, sendo que se fosse passado noutras paragens o estádio vinha abaixo.

Continuo a ter que me queixar das arbitragens e vou continuar, doa a quem doer, enquanto achar que tenho razões para isso, até porque o facto do Sporting não estar a jogar bem, não dá legitimidade a estes senhores de gozarem com esta instituição. 

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Tiremos o chapéu a Ricardo Sá Pinto

Depois de aceitar o convite de Godinho Lopes para treinar o Sporting, numa altura muito delicada, Sá Pinto mostrou e transmitiu estabilidade emocional no terreno de jogo, num jogo complicado e que se estava a complicar ainda mais, não deixando de incentivar os seus jogadores e agindo de uma forma rápida a partir do banco de suplentes, perante as dificuldades que alguns jogadores estavam a ter para se adaptar ás características daquela partida da Liga Europa.
Passado este duro teste com nota positiva, Ricardo "Coração de Leão", está ao que parece a rodear-se de pessoas competentes, experientes e também com um passado ligado às cores do clube, formando uma equipa técnica que se deseja, venha a ter muito sucesso no futuro.

Desde logo o nome de Nelson Pereira, guarda-redes campeão pelo Sporting em 2001/2002, uma pessoa ponderada, profissional competente e que pode ser um elemento de extrema importância no balneário do Sporting, tendo já acompanhado a equipa a Varsóvia e mostrando já alguma empatia com os jogadores do Sporting, aparecendo nos festejos dos golos dos leões. Nunca escondeu o seu amor ao clube, e são pessoas destas que se querem lá dentro.

Destaque também para Jorge Castelo, figura pública que muita gente conhece dos ecrãs televisivos, devido ao seu papel de comentador em vários programas de debate sobre futebol, mais recentemente no habitual Fórum da Sporttv, mas as suas competências vão muito para além disso, pois trata-se de um Professor Universitário, especialista em Metodologia do Treino, sendo mesmo responsável pelos cursos de treinador ministrados pela FPF (vejam aqui o Currículo).
Hugo Porfírio, também ele ex-jogador dos escalões de formação do Sporting, embora com pouco sucesso dentro do clube, visto ser duma geração onde os extremos abundavam no futebol do Sporting. Será um dos adjuntos, juntamente com Tiago Moutinho de 31 anos, licenciado em Educação Física e Desporto. Desconheço a especialidade de ambos, no que ao treino diz respeito.

Sérgio Vieira, que já trabalhara na Académica e em Braga, desempenhará o papel de observador.

Desejo-lhes a todos as boas vindas ao Reino do Leão!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Golo de André Santos para ver e rever

Grande golo de mais uma "Jóia" da Academia



Enorme Daniel Carriço!


Tenho que elogiar este grande profissional do Sporting. Apesar das críticas constantes, até dos adeptos do seu próprio clube, que teimam em não valorizar os seus activos e a preferir os jovens estrangeiros de qualidade duvidosa, mas continua a treinar e a jogar nos limites, aonde for preciso, nem que seja na baliza, e sempre que é chamado cumpre o seu dever, e hoje mesmo marcou um golo fundamental e que pode ser decisivo nas contas finais da eliminatória.

Não se trata de um jogador de grande classe, com potencial para se tornar num dos melhores do mundo, mas é sobretudo um jogador de equipa, polivalente, que nunca reclama, que incentiva os colegas mesmo quando está afastado da equipa titular, um verdadeiro capitão e as grandes equipas também se fazem com este tipo de jogadores.

Não percebo como é possível adeptos do Sporting, criticarem um jogador destes, produto da nossa fantástica Academia, e que é um exemplo para muitos jovens que praticam futebol por esse país fora. Depois não se admirem se o virem um dia brilhar a grande altura, num dos clubes que todos sabemos, a ao preço da banana.


Sá Pinto estreia-se com empate sofrido


O primeiro onze de Sá Pinto

Começa bem, a meu ver, Sá Pinto no banco dos leões. Só o facto de ter tido a coragem de lançar 3 miúdos (mal amados, infelizmente em Alvalade) que foram absolutamente decisivos no resultado final. Se Pererinha não entrou muito bem no jogo, e a sua entrada deverá ter-se devido a problemas físicos com Izmailov, até fez uns bons últimos 15 minutos, causando vários problemas na esquerda da defesa do Légia. Já Carriço marca um golo pleno de oportunidade, num momento importantíssimo do jogo, e foi decisiva a sua entrada em jogo, de forma a equilibrar os duelos no meio-campo. Como se não bastasse, André Santos (mais um dos patinhos feios, enfim...), marcou um golo soberbo, que se fosse apontado por uma das "super-galinhas" seria considerado o golo do ano. 

Foi um mau jogo, num mau terreno e também num mau momento para o Sporting, mas o Sporting passou no teste e tem agora a eliminatória ao seu alcance. Mas há que ter cuidado com o contra-ataque desta equipa, que mostrou ter alguns jogadores de qualidade, rápidos e que podem causar alguns calafrios em Alvalade.

FAÇO UM APELO AOS ADEPTOS QUE PODEREM, PELA PROXIMIDADE, A RECEBEREM ESTA EQUIPA COM APLAUSOS, POIS FORAM HERÓIS, E NÃO FOI POR FALTA DE ESFORÇO E GARRA QUE NÃO TROUXERAM UM RESULTADO MELHOR.

Liga Europa: LEGIA vs SPORTING


Sá Pinto estreia-se hoje no comando do Sporting, e quererá com certeza vencer este jogo, ou pelo menos trazer um bom resultado, que permita ir para Alvalade com a eliminatória completamente em aberto. Não podemos desvalorizar este adversário, pois estas equipas são sempre muito complicadas quando jogam no seu país, com um futebol muito físico e só uma "equipa de combate", conseguirá trazer da Polónia um bom resultado.
Não me admiraria que Sá Pinto apostasse na experiência de Polga para este jogo, pois goste-se ou não, ainda é um dos melhores centrais do plantel, com os seus 33 anos (só em Portugal é que um jogador desta idade é descriminado). É um facto que enterrou já esta época em Alvalade, mas também já fez excelentes partidas, formando boa dupla com Onyewu, apesar de sabermos tratar-se de uma dupla com pouca velocidade. Eu apostaria em Xandão, mas isso sou eu, que não estou lá dentro, e não trabalho diariamente com os jogadores, e se Sá Pinto apostar em Polga, não serei eu a criticá-lo, até porque se trata de um dos capitães do clube, com um grande peso dentro do balneário.

Outra dúvida é na esquerda, onde eu colocaria Izmailov, que obviamente actuaria mais como um médio esquerdo do que como extremo, pois não são essas as suas características, mas onde também pode descair Schaars, derivando Izmailov para a zona central, fazendo o papel de Elias.

Vamos ter que aguardar, pois Sá Pinto pode reservar algumas surpresas.



quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Estranha disponibilidade, ou talvez não...


Como seria de esperar, esta figurinha já veio em defesa do seu futuro treinador, pois como todos estamos à espera, mais tarde ou mais cedo, DP estará a assinar contrato junto do maior "suspeito" do processo apito dourado, que como todos nós também sabemos, deu em águas de bacalhau, apenas porque vivemos numa república das bananas.

Sou contra o despedimento de pessoas, quando os projectos ainda nem a meio vão, apenas perante os resultados, sabendo que muitas vezes as classificações estão feridas de credibilidade. Mas neste caso não me espantaria nadinha, haver aqui mais uma vez, dedo deste espécime, que a comunidade desportiva e jornalística, adeptos do meu clube incluídos (infelizmente), teimam em elogiar, juntamente com a sua "gestão exemplar", que lhe tem dado títulos sucessivos, mesmo sabendo todos nós, quais foram os métodos utilizados nos últimos 30 anos por estes "senhores", para atingirem o topo do futebol português.

Dizem eles que: "Ah e tal, e os títulos europeus que conquistámos..."; sim, conquistaram 2 ou 3 em 30 anos, e  em épocas onde nunca tiveram como opositores, nenhum dos colossos do futebol europeu, para além de que para terem o número de participações que tiveram na Champions, primeiro tiveram que "atropelar" todos os adversários que se atravessaram no seu caminho.

Está na altura dos actuais e futuros dirigentes abrirem a pestana de uma vez por todas e deixarem de contratar pessoas que estão ou estiveram demasiado ligadas à instituição gerida por esta personagem.


terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Elias convocado para a selecção

Elias corre para a selecção Brasileira

Confira a lista de convocados da seleção brasileira para o amigável com a Bósnia:

Guarda-redes:
Diego Alves (Valencia), Julio Cesar (Inter de Milão) e Rafael (Santos).


Laterais:
Adriano (Barcelona), Alex Sandro (Porto), Daniel Alves (Barcelona), Danilo (Porto) e Marcelo (Real Madrid).


Centrais: 
David Luiz (Chelsea), Dedé (Vasco), Luisão (Benfica), Thiago Silva (Milan).

Médios:
Elias (Sporting), Fernandinho (Shakhtar), Hernanes (Lazio) e Sandro (Tottenham), Paulo Henrique Ganso (Santos), Lucas (São Paulo) e Ronaldinho Gaúcho (Flamengo)

Avançados:
Hulk (Porto), Jonas (Valencia), Leandro Damião (Internacional) e Neymar (Santos).


Luís Duque desmente polémica dos contactos


Luís Duque disse hoje no Aeroporto, à partida para Varsóvia, que não acredita que Domingos tenha tido contactos com dirigentes do Porto, com vista a um possível ingresso futuro naquele clube, até porque conhece bem o treinador.

Sá Pinto já foi apresentado


Desejo a maior das sortes (até porque vão precisar) a Sá Pinto e sua equipa técnica

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Encontros com Dirigentes Portistas??



A Agência Lusa avança com esta especulação, de que foram encontros entre Domingos e dirigentes do FCP, que estiveram na origem da sua Demissão.

Vejam Aqui

A ser verdade, tiro o meu chapéu à direcção do Sporting, e confirma que o nosso clube tem que, de uma vez por todas, deixar de contratar pessoas que estão emocionalmente ligadas aos nossos rivais.


Oficial: SÁ PINTO será o treinador até 2013


Segundo comunicado oficial do Sporting, a par da saída de Domingos, Sá Pinto irá assinar contrato válido até 2013, como treinador da equipa principal do Sporting. Heis o comunicado:

"Entendeu a Administração da Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD, rescindir contrato com o seu treinador Domingos Paciência, por entender que quer a eliminação da fase de grupos da Taça da Liga, quer o 5.º lugar actual na Liga Zon/Sagres, não correspondem aos objectivos propostos para este primeiro ano de mandato.
Mais informamos, que chegámos a acordo com o treinador Domingos Paciência, a quem agradecemos a forma empenhada e profissional com que se dedicou ao Sporting Clube de Portugal, desejando as maiores felicidades na sua carreira futura.

Entretanto, a Administração da Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD decidiu contratar Ricardo Sá Pinto que assumirá, de imediato, as funções de treinador principal, com vínculo até Junho de 2013."

A Administração da Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD

13 de Fevereiro de 2012


Espero que Sá Pinto transmita o seu espírito guerreiro a todos os jogadores do Sporting, para ultrapassarmos de uma vez por todas esta crise de resultados.

DOMINGOS já não é treinador do Sporting


Segundo as notícias que correm pela Internet, Domingos foi demitido pela SAD do Sporting devido aos maus resultados, sobretudo no Campeonato onde já está arredado da luta pelo 1º lugar, e com os lugares que dão acesso à Champions comprometidos. Mais uma vez foi feita a vontade ao sector "resultadista" do Sporting, que continua sem dar tempo aos treinadores, para por em prática as suas competências e os resultados ditaram o destino de Paciência, que passou de Messenas a Vilão, em pouco mais de 6 meses.

Não deverá tardar muito, em vermos Domingos novamente de Dragão ao peito, desta vez ao leme da equipa que todos nós sabemos.

Aconteceu com Robson, despedido quando estava em 1º lugar no campeonato (só mesmo neste clube), aconteceu com Mourinho, regeitado pelos sócios e adeptos do SCP, quando Duque já teria tudo acertado com ele (depois foi o que se viu), e agora (espero estar enganado), irá acontecer com Domingos. Todos foram posteriormente campeões pelos azuis. 

Vamos ver que consequências isto vai trazer ao futuro próximo do clube...


SÁ PINTO será para já o substituto de DP, no próximo jogo.

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Onde param os verdadeiros adeptos?


O verdadeiro adepto do Sporting é aquele que:

  • Exulta quando o Sporting ganha e azia quando este perde (não o oposto como já vi...)
  • Diz que foi prejudicado, mesmo que tenha sido claramente beneficiado;
  • Nunca admite que os clubes rivais são superiores;
  • Acredita que pode vencer, nem que seja 8 contra 14;
  • Incentiva um jogador da sua equipa, mesmo que este seja o pior do mundo;
  • Vai ao Estádio de Alvalade, depois de uma derrota humilhante, aplaudir os seus jogadores;
  • Acredita sempre que na próxima época será campeão, contra tudo e contra todos.

A nova geração de adeptos do Sporting (felizmente nem todos):

  • Entra em euforia quando o Sporting ganha, insulta e assobia, tudo e todos, quando perde;
  • Acha que os jogadores e treinadores dos outros, são sempre melhores que os nossos;
  • Assobia um jogador quando tudo lhe corre mal, e anda com ele ao colo quando este marca um golo;
  • Critica os nossos jogadores quando estão no clube, e elogia-os quando vão para os rivais;
  • Faz birrinha quando o treinador não põe os seus jogadores preferidos;
  • Tem a mania que percebe mais de futebol que o treinador em exercício;
  • Exige, critica, insulta os dirigentes do clube, mas nem sequer é sócio, e paga as suas cotas;
  • É hipócrita, elogia quando ganha e insulta quando perde;
  • Muda de opinião, como quem muda de cuecas...

    A ESTES ÚLTIMOS SÓ FAÇO UM APELO:  MUDEM DE CLUBE!

    Demos 45 minutos, e o Marítimo aproveitou.


    Domingos escolheu Pereirinha para o lugar de Capel e Arias (excelente exibição) no lugar de João Pereira. No centro da defesa, era de esperar a estreia da dupla Onyewu e Xandão. E só este facto das mexidas na defesa, com duas estreias num jogo complicado como este, perante uma equipa forte, como indica a sua actual classificação, e que só não fez estragos com os outros grandes, pelos motivos que todos nós sabemos. Ora, estando o Sporting mais fragilizado que os rivais, seria de esperar grandes dificuldades, e um hipotético desaire, não seria de espantar ninguém, pelo menos para aqueles que vêm futebol com realismo e não com dramatismo.

    Muitas pessoas não referiram o facto do Sporting ter jogado apenas dois dias antes, sem tempo sequer para preparar este jogo em condições, sendo claro para mim, que DP apostou tudo no jogo de Quarta-feira.

    Vi e revi o jogo de Sábado, e constatei que Rinaudo esteve em claro défice físico relativamente ao jogo com o Nacional (normal para alguém que esteve tanto tempo afastado e tem logo dois jogos seguidos, desta exigência), pois não estamos a falar de um Rio Ave, ou um Paços, defrontámos dois adversários já com alguma dimensão europeia e com dois bons treinadores, que não andam a dormir... O mesmo aconteceu, com Xandão e Insúa, que não tiveram a mesma disponibilidade física que no jogo anterior, particularmente na 2ª parte. Aquele escorregão de Xandão, teve muito a ver com falta de pernas.

    Apesar de tudo, o Sporting melhorou imenso com as entradas de Izmailov e Schaars (é um luxo ter um jogador destes no Sporting, que raramente falha um passe, seja ele curto ou longo), o problema foi que o Marítimo rapidamente baixou as linhas, jogando no erro do adversário, e aproveitou cirurgicamente a única oportunidade que teve na 2ª parte. É verdade que o Sporting também não dispôs de claras ocasiões de golo, mas seria complicado jogar em meio-campo, povoado com vinte jogadores, contra uma equipa extremamente motivada em vencer o jogo, sabendo que o 4º lugar estava logo ali.

    Seria necessário jogar com grande dinâmica e velocidade, procurando situações de 1x1, tabelas curtas, mas onde estavam esses jogadores? Capel lesionado, Carrillo muito desgastado e limitado pela facto de estar na esquerda, Matias Fernandez uma sombra do que jogou na 4ª Feira, Izmailov sem ritmo de jogo...

    Amigos sportinguistas, o futebol é muito mais do que escolher um Onze, colocar os jogadores nas suas posições e esperar que as coisas aconteçam. Isso só no futebol virtual do Football Manager, que todos nós gostamos de jogar, e vestir a pele de Mister. Temos que aceitar quando existem demasiadas situações que condicionam o que é o trabalho diário de um treinador.

    No final desta temporada, deverá ser feita uma avaliação do trabalho de DP, e se não for satisfatório, então sim , vamos procurar novo treinador. Por vezes temo que nos por na pele das pessoas, para perceber o que se pode estar a passar. Mas não estando por dentro, é quase impossível perceber o porquê de algumas opções duvidosas (como a escolha de Pereirinha para este jogo, embora seja jogador do plantel, e se lá está, trabalha como os outros e é para jogar), mas goste-se ou não, temos que respeitar, porque se tivesse corrido bem, se Patrício não tem falhado naquele lance, depois de ter feito defesa soberba minutos atrás, se não tivessem havido os tais escorregões, se Ribas tem acertado na bola naquele lance dentro da área, etc...

    O futebol é feito de SES, de ressaltos, de caprichos, e não há treinador no mundo que consiga dominar estes factores, muito menos um treinador que chegou à poucos meses a um clube vindo de uma crise longa e profunda, ao qual lhe estão a exigir muito, em tão pouco tempo, com a quantidade de sobressaltos e lesões em jogadores chave, exigindo constantes mudanças na equipa. NINGUÉM RESISTE A ISTO!

    Reparem como exemplo, André Vilas Boas, que tudo venceu num ano, e que hoje está à beira do despedimento, apenas porque a bola teima em não entrar,  mesmo quando a equipa até faz por isso, mesmo tendo atingido já esta época níveis exibicionais excelentes, mas o problema é que não existindo o factor sorte e também o famigerado "colinho", as coisas podem correr mal a todos.

    Deixo aqui uma mensagem principalmente para os jovens sportinguistas:

    TENHAM JUÍZO NESSA CABEÇA!

    Não me revejo neste tipo acções medíocres!

    Se são tão corajosos, porque escondem a cara? Serão mesmo sportinguistas?
    Embora também não concorde com algumas opções e atitudes de alguns jogadores, equipa técnica e direcção. Penso que não é com este tipo de comportamentos que vamos a algum lado.

    Se não vejamos, na óptica destes "meninos" então vamos novamente exigir a demissão dos actuais corpos gerentes, mandar mais uma dúzia de jogadores embora e contratar outros tantos, demitir Domingos e sua equipa técnica (com as devidas indemnizações), até porque o Sporting anda a nadar em dinheiro...

    VALORIZEM O QUE HÁ! APOIEM OS QUE LÁ ESTÃO! DEFENDAM O CLUBE ATÉ AO FIM!

    Se não for assim, então preparem-se para ver este Clube centenário ainda muitos mais anos em profunda crise, financeira e desportiva, pelo menos no que toca ao Futebol.

    PARA PRESSÃO JÁ BASTA AQUELA QUE É FEITA TODOS OS DIAS PELOS ADVERSÁRIOS, COMENTADORES e JORNALISTAS NO GERAL.

    USEM O CÉREBRO EM VEZ DAS BOLAS QUE TÊM ENTRE AS PERNAS!

    ISTO PARECEM BIRRAS DE MENINOS MIMADOS QUANDO OS ADULTOS NÃO LHES FAZEM AS VONTADES

    quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

    Rinaudo regressou e o Sporting ganhou!

    Rinaudo, Wolfswinkel (gp) e João "Messi" Pereira, marcaram os golos



    Haja paciência!

    Num jogo em que existem duas partes distintas, um em que o Sporting é barbaramente prejudicado, com um golo certo anulado, e outra em que o árbitro usa o mesmo critério que usara com Xandão, para expulsar Rondon com o 2º amarelo, e marca um penalty claro sobre Insúa, quando já anteriormente tinha havido um lance duvidoso com Wolfswinkel e Polga na área do Nacional.

    Mas como habitualmente a imprensa nacional vai fazer o filme ao contrário.

    Mas analisemos as novidades de hoje:

    FITO RINAUDO - regressou e a equipa transfigurou-se para melhor, desde logo a ser evidente a forma como protegeu as costas de Matias, que se libertou de tarefas ofensivas, fazendo uma excelente exibição, bem como Elias que subiu claramente de produção com o regresso do Argentino que parece estar em todo lado, com uma disponibilidade física impressionante. Pareceu ter saído lesionado, mas felizmente foi apenas um toque, com um pequeno entorse, e segundo Domingos o atleta está em condições para jogar o próximo jogo.

    XANDÃO - parece estar aqui o parceiro para Onyewu, e a verificar-se o Sporting fica com uma dupla de respeito no centro da defesa, pelo menos no que toca a centímetros. Quanto ao entendimento entre ambos, vamos ver. Mas pelo que vimos hoje, está ali um bom central, ainda jovem, e com grande margem de progressão. Depois de ter visto injustamente o amarelo na 1ª parte, conseguiu aguentar-se até ao final sem cometer erros e sem se por a jeito para ver o 2º. Muito bem.

    Concluindo, tenho a certeza que esta equipa com Rinaudo e Schaars em condições, não estaria neste momento tão longe do título, e com certeza estaríamos nas meias da Taça da Liga.

    Foi uma vitória mais do que justa e merecida por esta equipa, que tem vindo a ser ostracizada pela maioria das opiniões de comentaristas, cronistas e imprensa no geral.

    HOJE DOIS TERÇOS DE PORTUGAL ESTÃO CHEIOS DE AZIA!!

    Será que o Sporting acaba hoje?


    A pergunta poderia ser feita de outro modo: Será que o meu Sporting acaba a jogar com onze hoje?

    O dramatismo que está a envolver este jogo, é no mínimo irritante. Não me parece que a época acabe para o Sporting caso perca esta eliminatória, até porque ao contrário do que se quer passar para a opinião pública, o Sporting tem ainda muito que conquistar, a começar pela importante conquista de um lugar no pódio na Liga, pois no início da temporada, "ninguém"(paineleiros e jornaleiros) acreditava que o SCP pudesse conquistar o título. Há ainda a Liga Europa onde o Sporting está a fazer uma excelente campanha, e pode ainda chegar bem longe nesta competição, onde pelo menos não temos "Olegários e Duartes" a apitar.

    De repente a Taça da Liga já é uma Competição fundamental para os objectivos dos grandes, depois do ruído que se fez à volta da eliminação do Sporting, já se pondo em causa até a continuidade do treinador, gerando um clima que se pode tornar muito parecido com o da época transacta, com as consequências desastrosas que se viram.

    O mais enervante ainda é ver alguns ditos adeptos do nosso clube a começarem a entrar nesta onda de desestabilização, fazendo o trabalho que compete aos adeptos dos adversários, ou melhor, poupando-lhes trabalho.

    ABRAM A PESTANA!!! 
    O SPORTING NÃO GANHA NADA COM OS INSULTOS DOS PRÓPRIOS ADEPTOS!!
     SÓ ESTÃO A PIORAR A SITUAÇÃO!!!
    NÃO VAMOS COMEÇAR TUDO DO ZERO OUTRA VEZ...

    segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

    A importância de Stijn Schaars

    Wallpaper resolução: 1680x1050
    Quando vi este jogador agarrado à perna, e confirmada a lesão com a consequente paragem de algumas semanas, fiquei bastante apreensivo. Pois se há jogadores que são autênticos motores duma equipa, Schaars é um deles e o futebol do Sporting está a recentir-se e de que maneira, com a ausência dele.

    Schaars é daqueles jogadores que jogam e fazem jogar uma equipa, pela sua atitude, competência e concentração competitiva, que contagia a equipa, obrigando os restantes colegas a concentração máxima. É um treinador dentro de campo. Este "eclipse" do Sporting está também ligado à sua ausência.

    O Sporting parecia ter encontrado um meio-campo dinâmico e ao mesmo tempo agressivo o suficiente para dominar por completo os seus adversários, pois trata-se de um sector crucial em qualquer equipa. Com Rinaudo, Schaars e Elias, o Sporting atingiu níveis de excelência em alguns jogos, que catapultavam a equipa para níveis exibicionais que contagiaram tudo e todos. As lesões de Rinaudo e Schaars foram fatais para os leões e os danos são já irreparáveis.

    Antes de atacarem tudo e todos, as pessoas devem também reflectir sobre estes pormenores, que por vezes parecem insignificantes, mas fazem toda a diferença. 

    A sorte é indissociável do Futebol e do desporto em geral.


    domingo, 5 de fevereiro de 2012

    Eliminados? Sim. Mas a vida continua...


    Apesar da derrota, a exibição foi bem melhor do que no jogo com o Beira Mar. Estamos chateados? Estamos. Foi mau ficar em 3º no grupo? Foi. Mas analisemos friamente a situação.

    O Sporting jogou mais do que o suficiente para vencer a partida, e apenas não venceu porque continuamos a ter uma eficácia demasiado baixa para as nossas aspirações. É a nossa sina. Para além disso a Gil Vicente teve também muito mérito na conquista do 1º lugar no grupo. Como se não bastasse, houve mais um erro de arbitragem que influenciou o desfecho da partida. Os senhores do apito, continuam a passear a sua arrogância pelo Estádio de Alvalade, não deixando escapar nada que possa tornar a equipa da casa ainda mais nervosa e enfraquecida e fingindo que não vêm lances evidentes de grande penalidade a nosso favor, já para não falar dos critérios disciplinares, quando comparados com os nossos mais directos rivais.

    O que fazer agora?

    Já vejo por aí pseudo-sportinguistas a pedir a demissão da Direcção (aproveitam todos os momentos maus para o fazer), mas não acho que seja inteligente mergulhar o Sporting noutra crise directiva, deixando o clube novamente "sem rei nem roque", numa altura em que ainda há muito para jogar, pois mesmo não sendo muito possível chegar ao título, temos que garantir os serviços mínimos (3º lugar), e ainda há Taça e Liga Europa para tentar chegar o mais longe possível e honrar as camisolas leoninas.

    Noto alguma intranquilidade na equipa técnica do Sporting, particularmente em Domingos, mas não me passa pela cabeça haver "chicotada" nesta altura, pois seria desastroso para o clube, à semelhança do que aconteceu com a saída de Paulo Bento (não prestava, mas conquistou 4 troféus em 4 anos, colocou o clube 3/4 anos consecutivos na Champions, derrotou os nossos rivais por diversas vezes na sua própria casa... mas enfim, tivemos que o afastar do clube, pois isso não era suficiente, mesmo sabendo que o PB jogava com mais de meia equipa, portuguesa e proveniente da nossa Academia. Enfim...).

    GODINHO LOPES não era o meu preferido nas eleições, preferia Bruno Carvalho, mas convenhamos que fez um grande trabalho até agora, e não lhe peçam que entre em campo para marcar golos. Pois se em momentos chave esta temporada, os nossos jogadores têm convertido as oportunidades que dispuseram, algumas flagrantes, a história seria bem diferente, para não falar dos habituais "roubos".
    É o actual presidente do Sporting e vai ter o meu apoio até ao fim, bem como Domingos, ao qual terá que ser feita uma avaliação no final desta época, e aí sim, se tal for necessário pensar num substituto.

    EU ACREDITO NESTA EQUIPA!!!!

    sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

    Obrigados a vencer? Vitória exige-se!


    Se há jogos em que uma equipa com as aspirações do Sporting tem que vencer, este é um deles. Os sócios e simpatizantes leoninos, não irão perdoar mais um desaire, e este com consequências mais imediatas, pois significaria a eliminação de uma competição que os leões querem vencer.

    Perante os regressos de alguns jogadores chave, convocados por Domingos, espera-se um Sporting mais confiante e dominador, independentemente do estado de graça dos galos de Barcelos.

    Heis o meu onze:


    Que tudo corra pelo melhor a este grupo de trabalho, que já merecia um pouco de sorte, que é coisa que tem andado bem arredada de Alvalade há muito tempo.

    quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

    Jornalismo de baixo nível!


    Hoje o país acordou com estas "brilhantes manchetes", quais génios do jornalismo desportivo, que chegaram à conclusão que o nosso clube está em falência técnica. Pois eu já não me lembro qual é a data em que ainda não estava. Enfim...

    O normal e natural, se se tratassem de órgãos de comunicação social isentos, era fazerem referências e/ou comparações com os passivos (alguns ainda "tabu"), dos nossos principais concorrentes, que como mais de meio mundo, no que diz respeito a clubes empresa, estão também em falência técnica.

    Mas este tipo de notícias, apenas saiem para ferir o orgulho dos sportinguistas mais distraídos, e para que os adeptos dos rivais tenham mais uma oportunidade para achincalhar este COLOSSO  DESPORTIVO, que é o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL.

    Se todos os sportinguistas fossem unidos, estas situações passavam-nos completamente ao lado, mas infelizmente não é isso que acontece.

    quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

    A revolta dos heróis!

    Fica aqui mais um wallpaper  (resolução: 1680x1050)
    Com os regressos de Iceman e do Kzar, juntando ao super moralizado Capitão América, o Sporting tem condições para voltar ás boas exibições e consequentes bons resultados. Os próximos jogos serão importantíssimos para o futuro próximo do clube, e não se avizinham facilidades.

    Eu continuo convicto que este grupo de trabalho ainda vai dar algumas alegrias esta temporada.

    Faço apenas um apelo. Vamos deixar a pessoas trabalhar em paz, pois não cabe a nós adeptos e "blogueiros", gerir o clube de fora para dentro. Até porque nós não temos certezas de tudo o que se passa lá dentro, apenas rumores e na sua maioria vinda de fontes suspeitas.

    Não criem ainda mais instabilidade do que aquela que já existe, deixem isso para os nossos adversários, preocupem-se sim em encontrar defeitos nos nossos concorrentes, e são muitos. Se não corremos o risco dos nossos próprios jogadores não se sentirem bem no clube, e depois voltamos ao mesmo, todos querem é sair dali para fora, com a consequente desvalorização e prejuízos para o nosso clube.

    Usem a cabeça, em vez dos "tomates"... xD


    Ontem fomos brindados com 2 novos jogadores

    Cristiano Piccini (Ex-Bétis) Piccini  é o Lateral direito, moderno, que gosta de subir pela sua faixa apoiando o ataque, e qu...